Renault revela a ALASKAN sua nova picape

renault_80130_global_en

A Renault revelou hoje a ALASKAN, sua nova picape, ela foi desenvolvida em parceria com a Nissan e vai gerar uma versão para a Mercedes que deverá se chamar GLT. A ALASKAN tem um design funcional que combina capacidades off-road impressionantes e a melhor economia de combustível da categoria, graças ao motor Renault dCi de 2.3 litros. Além de satisfazer as necessidades de clientes profissionais, o modelo também é a companhia perfeita para um uso no dia-a-dia ou em momentos de lazer.

O nome ALASKAN foi inspirado na palavra aleúte “ALASKA”, que significa “grande terra”. Remetendo a paisagens selvagens e agrestes, é um convite para se deixar levar pelo desejo de aventura.

O visual imponente da ALASKAN vai ao encontro das exigências estéticas dos clientes deste segmento, ao mesmo tempo em que expressa a identidade da marca Renault. As linhas esculturais do veículo incorporam os traços de design da Renault, dando uma pegada agradável e moderna ao universo das picapes, e conta com assinatura luminosa full-LED em formato de C nos faróis de rodagem diurna.

O modelo apresenta suspensão traseira de cinco braços de última geração, para ainda mais prazer de dirigir, e Longarinas reforçadas, totalmente fechadas.

A ALASKAN é propulsionada pelo motor Renault de quatro cilindros turbodiesel

A ALASKAN é propulsionada pelo motor Renault de quatro cilindros turbodiesesturbodiesel, testado e aprovado na gama Renault Master:

Versões de 160 cv e 190 cv,

Aceleração surpreendente e níveis de consumo e emissões entre os mais baixos de sua categoria,

Tecnologia twin-turbo: um turbo menor proporciona acelerações suaves em velocidades mais baixas, e um turbo maior aumenta a performance em rotações mais altas,

Opções de motorização disponíveis conforme o mercado.

Duas motorizações adicionais disponíveis (conforme o mercado): motor 2.5 l a gasolina (160 cv) e motor 2.5 l a diesel (160 cv e 190 cv).

Opções de caixa de câmbio: manual de seis velocidades ou transmissão automática de sete velocidades, com tração em duas ou quatro rodas.

Teste JAC J5

2_0

O JAC T5 estreou no país em março em duas versões com preços à partir de R$ 59.900 somente com cambio manual, em agosto será lançada a versão com cambio automático CVT que mostraremos em detalhes aqui.

O JAC T5 está posicionado abaixo do T6 e apresenta uma boa relação custo/benefício, pois conta com um motor 1.5 16V VVT Jet Flex de 125 cv a gasolina e 127 cv com etanol, a 6000 rpm e torque, são 152 Nm (gasolina) e 154 Nm (etanol), ambos a 4.000 rpm, segundo a fabrica o modelo está entre os mais econômicos da categoria com consumo de 6,80 km/l na cidade e 9,63 km/l na estrada (etanol) ou 8,18 km/l e 12,2 km/l (gasolina). O modelo conta com selo de eficiência “A” do Inmetro. Confira vídeo abaixo:

O modelo tem 4,32 metros de comprimento e entre eixos de 2,56 metros, o JAC T5 apresenta dimensões semelhantes com seus concorrentes diretos, mas se diferencia deles pelos equipamentos de série (chamado Pack 1), que normalmente são opcionais nos concorrentes, entre os principais estão:

Ar-condicionado digital e automático

Vidros das quatro portas, trava central e retrovisores com acionamento elétrico

Alarme antifurto

TPMS (Tyre Pressure Monitoring System)

Banco traseiro com sistema Isofix 

Sensor de estacionamento;

Abertura interna do porta-malas e do tanque de combustível;

Sistema de freios com ABS (antibloqueio), BOS (pedal “inteligente” de freio, que anula a aceleração quando os dois pedais são pressionados e BAS (assistente nas frenagens de pânico)

Computador de bordo com funções de consumo instantâneo e médio, autonomia, velocidade média e cronômetro;

Faróis com regulagem elétrica de altura e acendimento automático (sensor crepuscular);

Banco traseiro bipartido 60/40;

Banco do motorista com ajuste de altura;

Cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para os cinco ocupantes;

Sistema JetFlex, bicombustível, que dispensa o uso do tanquinho suplementar para partidas a frio.

O JAC T5 conta ainda com mais dois pacotes:

Pack 2 (R$ 66.690), o JAC T5 acresce os seguintes dispositivos além do Pack 1:

Rodas de liga leve aro 16;

Faróis de neblina dianteiros e traseiro;

Rack no teto;

HSA (Hill System Assist), ou Assistente de Partidas em Aclives;

ESP (Electronic Stability Program);

Pack 3 (R$ 70.690) , o modelo acumula ainda os seguintes equipamentos, adicionados ao Pack 2:

Bancos revestidos em couro;

Kit multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas;

Câmera de ré.

FORD LANÇA O NEW FIESTA ECOBOOST TITANIUM COM MOTOR 1.0

A Ford lançou um novo modelo da linha New Fiesta 2017, que vem com motor 1.0 turbo de alta potência e desenvolvido para obter a máxima economia de combustível. Exclusivo na versão Titanium, a mais completa em equipamentos, ele traz a tecnologia EcoBoost que introduziu um novo conceito em motores menores,mais eficientes e com performance.Apresentado à imprensa hoje em Campinas, no interior de São Paulo, o New Fiesta 1.0 EcoBoost é o mais potente da era turbo nessa categoria de veículo que está chegando aoBrasil. Com seu lançamento, a Ford aposta no segmento dos chamados compactos premium, onde estão os veículos mais sofisticados e com maior número de equipamentos de segurança.

O New Fiesta 1.0 EcoBoost Titanium traz7 airbags, sistema de partida sem chave Ford Power, chave com sensor de presença, bancos de couro, rodas de liga leve de 16 polegadas, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, espelho retrovisor eletrocrômico, piloto automático, ar-condicionado digital, sistema de conectividade SYNC AppLink com comandos de voz e Assistência de Emergência. Tem também transmissão automática sequencial e seu preço é R$71.990.

Para este lançamento, a Ford criou um plano especial de financiamento com taxa zero em 18 meses. Oferece ainda a opção de incluir o valor das revisões no financiamento e ampliar

a garantia de fábrica para quatro ou cinco anos, através do plano Ford Protect.

O motor

O novo motor tem potência de 125 cv e torque de 17,3 kgfm, que fazem dele o 1.0 turbo mais potente e forte do mercado.É também o campeão de economia: roda 12,2 km/l na cidade e 15,3 km/ l na estrada com gasolina, com Selo Conpet de eficiência. Mais que isso, a apenas 1.500 rpm, a faixa de rotação mais usada no dia a dia, já entrega 90% do torque máximo. Isso se traduz em arrancadas e retomadas rápidas: acelera de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos.

O EcoBoost 1.0é o únicona história eleito três vezes consecutivas como “Motor Internacional do Ano” e cinco vezes na categoria até 1.0 litro. Elecombina várias tecnologias de forma inovadora para atingir um padrão inédito de desempenho e eficiência.

Além de turbo, injeção direta de combustível e duplo comando variável de válvulas, conta com bomba variável de óleo, correia banhada em óleo, coletor integrado ao cabeçote, sistema duplo de aquecimento e arrefecimento e sistema de resfriamento dos pistões por jato de óleo.

Linha 2017

O New Fiesta 1.0 EcoBoostreposiciona a linha no segmento de compactos premium, com mais sofisticação, tecnologia e equipamentos, nas versões 1.6SE, SEL e Titanium e 1.0 EcoBoost Titanium. “Desde o seu lançamento, o New Fiesta global é um carro compacto aspiracional, com design e tecnologias diferenciadas dentro da categoria”, diz Guy Rodriguez, diretor de Vendas, Marketing e Serviços da Ford.

ONew Fiesta SE, com motor 1.6 Sigma e transmissão manual de cinco velocidades, traz itens como ar-condicionado, direção elétrica, vidros dianteiros, travas e espelhos elétricos, alarme volumétrico, som MyConnection geração 3 e computador de bordo, por R$51.990.

A versão SEL, com motor 1.6 Sigma e câmbio manual ou sequencial, acrescenta controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac), assistente de partida em rampa, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15 polegadas, sistema de conectividade SYNC com comandos de voz, AppLink e Assistência de Emergência, ar-condicionado digital, vidros elétricos dianteiros e traseiros com fechamento global e chave de segurança MyKey. Sai por R$58.790 com transmissão manual e R$64.990 com a sequencial.

A versão Titanium também é disponível com motor 1.6, por R $70.690.

 

LINHA 2017 DO DUSTER E OROCH FICAM MAIS ECONÔMICOS E PICAPE OROCH GANHA NOVA VERSÃO COM CÂMBIO AUTOMÁTICO

Sucesso de vendas no Brasil, o SUV Duster e a Picape Duster Oroch conquistaram o público graças à sua robustez, inovação, amplo espaço interno e versatilidade. Agora, os dois modelos chegam à linha 2017 com uma notável melhoria em eficiência energética de até 11,5% nos motores 2.0, em relação ao modelo anterior. Além disso, há importantes novidades: todas as versões 2.0 16V dos modelos passam a ser equipadas com direção eletro-hidráulica, que garante maior conforto e menor consumo; o motor 2.0 16v está mais eficiente; houve uma evolução na ergonomia; e, para finalizar, a Duster Oroch recebe a opção do câmbio automático.

A Renault buscou soluções da Fórmula 1 para melhorar a eficiência energética do SUV e da picape. O sistema ESM (Energy Smart System) de regeneração de energia funciona de forma simples e eficiente. Durante a desaceleração do carro, quando o motorista retira o pé do acelerador, o motor continua girando sem consumir combustível. Nesse momento, o alternador automaticamente passa a recuperar energia e enviá-la para a bateria, que aumenta sua carga sem consumo de combustível. Durante a aceleração, o alternador não precisa “roubar” energia do motor para enviar à bateria, já que houve a carga na desaceleração.

Outra notável evolução em matéria de conforto e redução de consumo é a adoção da direção eletro-hidráulica. Para o motorista, isso representa uma direção ainda mais leve e um menor esforço na hora de realizar manobras. A direção com esforço variável ainda se ajusta de acordo com a velocidade, ficando mais pesada em altas velocidades e proporcionando maior segurança. Como nesse sistema a bomba da direção passa a ser acionada por um motor elétrico a parte, e não pelo motor do carro, evita-se a perda de potência e se reduz em até 2% o consumo de combustível.

Produzido na fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR), o motor 2.0 16v passa por uma evolução. A partir de uma mudança da força tangencial no anel do cilindro, houve uma redução de atrito interno, gerando uma melhoria no consumo de combustível. O motor 2.0, que manteve os números de potência e torque, é destaque no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), elaborado pelo Conpet, com nota “A” em consumo de combustível no Duster equipado com câmbio manual e na Duster Oroch, incluindo a nova versão com câmbio automático.

A adoção de “pneus verdes” para o Duster 2.0 (item já presente na Duster Oroch), com menor resistência ao rolamento, também contribui para melhorar a eficiência. Estes pneus são mais leves e aquecem menos, graças à adição de alguns compostos especiais à mistura original de borracha e sílica que dá origem aos pneus, sem comprometer em segurança, aderência e durabilidade.

O desenvolvimento da linha 2017 da Duster Oroch e do Duster envolveu 74 engenheiros da RTA (Renault Tecnologia Américas), que tem o objetivo de desenvolver produtos voltados às necessidades e ao perfil do consumidor latino-americano. Em um período de dois anos, foram testadas 121 unidades em países como Brasil, Argentina e França com o foco na redução de consumo de combustível.

Para o consumidor que busca uma maior redução no consumo de combustível, tanto o Duster quanto a Duster Oroch oferecem a função EcoMode, que pode ser acionada por meio do botão localizado no painel central. Este modo limita a potência e o torque do motor, além de reduzir a potência do ar-condicionado, o que permite uma redução de 10% no consumo de combustível. Outro recurso é o indicador de trocas de marchas Gear Shift Indicator (GSI), o qual auxilia o motorista a dirigir de forma econômica e eficiente ao sugerir quando reduzir ou aumentar a marcha para melhor aproveitar as características dos motores.

Tanto Duster quanto Duster Oroch também evoluíram em ergonomia para melhorar o dia a dia dos passageiros. O comando de controle dos retrovisores elétricos, por exemplo, agora está na porta do motorista. Outra mudança foi na adoção do vidro “one-touch”, que traz maior conforto e praticidade aos passageiros. Há ainda o fechamento global dos vidros pela chave na versão Dynamique, bastando ao motorista dar dois cliques no controle remoto do carro, para que os vidros subam automaticamente.

DUSTER OROCH AUTOMÁTICA

A inovadora picape Duster Oroch, que criou um segmento entre as picapes pequenas e grandes, aumenta sua gama de versões com a adoção da caixa automática de quatro marchas, a mesma que já equipa o SUV Duster. O confiável câmbio automático garante ao motorista o máximo de conforto sem abrir mão da robustez e versatilidade já características da picape.

Com a nova transmissão, a Duster Oroch oferece conforto de rodagem ainda maior, principalmente para os usuários que a utilizam na cidade. Hoje cerca de 48% dos consumidores dos grandes centros urbanos, como Rio e São Paulo, optam por carros automáticos.

O câmbio automático da Duster Oroch é comprovadamente um dos mais robustos do mercado, ideal para a aplicação em picapes, devido à necessidade de carregar carga. Mesmo sendo um câmbio automático, para o motorista que desejar trocar as marchas manualmente, leves toques na alavanca de câmbio permitem ao motorista fazê-lo.

A caixa automática foi desenvolvida levando em consideração a eficiência do carro, bem como conforto e velocidade de engate, além de oferecer toda a confiabilidade da Renault.

DUSTER

Expression Manual 1.6 16V Hi-Flex………………………..R$ 66.490
Dynamique Manual 1.6 16V Hi-Flex………………………..R$ 72.580
Dynamique Automático 2.0 16V Hi-Flex………………….R$ 82.590
Dynamique 4×4 Plus 2.0 16V Hi-Flex……….…….……..R$ 84.690

DUSTER OROCH

Expression 1.6 16V Hi- Flex……………………………..R$ 66.080
Dynamique 1.6 16V Hi- Flex…………….……………….R$ 70.580
Dynamique 2.0 16V Hi- Flex…………….……………….R$ 74.580
Dynamique Automática 2.0 16V Hi- Flex………………..R$ 76.580

 

 

 

Mercedes GLC Coupe começa a ser produzido

Archivnummer: D304612

A mercedes começou a produzir hoje 27/06 na fábrica de Bremen na Alemanha o novo Mercedes GLC Coupe, o modelo é estratégico para a marca pois irá expandir a família de SUVs da marca que é considerado essencial para o crescimento da marca.

O modelo irá dividir a linha de montagem com os irmãos Mercedes Classe C Sedan, Mercedes Classe C Estate e a Mercedes GLC.

Mercedes AMG GT-R é revelado

Der neue Mercedes-AMG GT R: Entwickelt in der „Grünen Hölle“

A Mercedes apresentou hoje no Festival de Velocidade de Goodwood o novo MERCEDES AMG GT-R na cor Green Hell Magno, o esportivo tem motor 4.o V8 bi-turbo com injeção direta e torque de 72,3 Kgfm e atinge a máxima de 328 Km/h e 0 a 100 em 3,6 segundos, a transmissão é a AMG SPEEDSHIFT DCT 7 speed dual clutch.

O modelo passou grande parte do tempo sendo desenvolvido no Green Hell de Nurburging, a suspensão  foi extensivamente modificada e conta com novas soluções aerodinâmicas e um sistema de construção inteligente que se traduz em uma experiência de condução bastante dinâmico. Confira abaixo a galeria de fotos.

Os preços ainda nao foram divulgados.

Screen Shot 2016-06-24 at 17.01.02

Galeria de Fotos:

Novo Nissan GT-R no Festival de Velocidade de Goodwood

Confira vídeo no nosso canal do Youtube

O novo Nissan GT-R atrairá grandes plateias no Festival de Velocidade : :deste ano. O superesportivo que recebeu melhorias significativas para mantê-lo em posição de destaque na lista dos “mais desejados” do mundo encontrará seus fãs entre os dias 23 e 26 de junho.

Para enfrentar o famoso morro Goodwood Hill Climb, a Nissan confirmou a presença do piloto britânico da NISMO, a divisão da Nissan para automobilismo, Jann Mardenborough, que estará de volta ao evento onde conquistou status de lenda. Em junho de 2014, o ex-jogador de videogame que virou piloto profissional bateu o recorde do percurso de 1,8 km com um Nissan GT-R NISMO com tempo de 49,27 segundos.

Este ano, Mardenborough pilotará o novo Nissan GT-R 2017, que recebeu melhorias em áreas-chave. Equipado com motor V6 3.8 biturbo, cuja potência aumentou para 572 cv, recebeu mudanças dinâmicas que tornaram a performance mais refinada que nunca. A melhoria mais óbvia foi no interior, que traz visual mais sofisticado, enquanto o estilo do exterior foi aprimorado na frente a na traseira para dar um ar mais contemporâneo ao bólido.

Milhares de convidados terão a chance de sentir a experiência de Mardenbourough ao dar uma volta como passageiro no novo Nissan GT-R. A Nissan criou o primeiro simulador de pilotagem 4D em realidade virtual, que utiliza os novíssimos fones Samsung Gear VR e cadeiras dinâmicas ‘estado-da-arte’. Mais de 15 pessoas terão acesso à experiência simultânamente.

De volta ao mundo real, outro recordista estará no Festival: o Nissan GT-R Nismo que está no Guinness World Records Book. Em abril deste ano, o carro de 1.380 cavalos realizou o drift mais rápido de todos os tempos, alcançando 304,96 km/h em um ângulo de 30 graus. Parceira de longa data da Nissan no projeto, a Motul, especialista mundial em lubrificantes de alta performance, desenvolveu e forneceu à NISMO óleos que otimizaram a performance.

A Nissan também exibirá seu drone Nissan GT-R – um dos mais rápidos drones de corrida com visão em primeira pessoa do mundo. Customizado para uma disputa do Nissan GT-R em Silverstone, na Inglaterra, o equipamento pode atingir 100 km/h em apenas 1,3 segundos. A batalha poderá ser vista no estande da Nissan.

Kia apresenta Sportage 2017 no Brasil

sportage_foto_3

A Kia Motors lançou no Brasil a nova geração do Sportage, já como linha 2017 em duas versões com preços à partir de R$ 109.990 (P.775) até R$ 134.990 (P786).

O modelo de entrada vem equipado com itens básicos, mas fica devendo controle de estabilidade e tração só disponível na versão mais cara, assim como bancos de couro e ar digital. Quem quiser controle de estabilidade e tração terá de optar pela versão mais cara que conta também com ar digital, GPS, botão start/stop, teto solar panorâmico e o interessante detector de ponto cego.

O motor continua o mesmo 2.0 Flex de 156cv (gasolina) e 167cv (álcool) e transmissão automática de 6 velocidades, e conta com a 7 opções de cores: Branco, Branco Neve, Prata Brilhante, Prata Mineral, Preto, Azul Mercúrio e Vermelho Intenso.

 

Screen Shot 2016-06-23 at 10.57.53
O Sportage conta com 7 opções de cores: Branco, Branco Neve, Preto Brilhante, Prata Mineral, Preto, Azul Mercúrio e vermelho Intenso.

Confira itens de Série:

P.775 (R$ 109.990)
Motor Flex 2.0 L, 4 cilindros, 16 V, 156 cv (gasolina) e 167 cv (etanol)
Transmissão automática de 6 velocidades com opção de trocas sequenciais
Chave tipo canivete para travamento e abertura das portas e porta-malas a distância
Computador de bordo integrado ao conjunto de mostradores
Piloto automático com controles no volante
Sistema de som com tela 5” sensível ao toque, controles de áudio e de chamada no volante, Bluetooth, rádio CD/MP3player,
entrada auxiliar e USB
Rodas e estepe de liga leve aro 17” e pneus 225/60
Câmera de ré com visor no sistema de áudio
Sensores de estacionamento traseiros

P.786 (R$ 134.990)
Motor Flex 2.0 L, 4 cilindros, 16 V, 156 cv (gasolina) e 167 cv (etanol)
Transmissão automática de 6 velocidades com opção de trocas sequenciais
Ar-condicionado digital com ionizador e controle independente frontal Dual Zone
Bancos revestidos de couro, banco do motorista com ajuste elétrico – 10 opções de variação e do passageiro com ajuste elétrico – 8 opções de variação
Botão Start/Stop para partida do motor por reconhecimento da chave Smart Key
Sistema multimídia com tela 7” sensível ao toque, controles de áudio e de chamada no volante, GPS, DVD player,Bluetooth,
rádio CD/MP3 player, entrada auxiliar e USB
Volante esportivo “D-Cut”, com paddle shift e piloto automático
Rodas e estepe de liga leve aro 19” e pneus 245/45
Teto solar duplo panorâmico
Air bags frontais, laterais e de cortina
Câmera de ré com visor no sistema multimídia
Controle de estabilidade, de frenagem em declives e de tração – TCS
Detector de ponto cego e de tráfego
Sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

 

 

 

 

Nissan anuncia novo lote do crossover global Nissan Kicks para pré-venda no Brasil

 

Nissan anuncia novo lote do crossover global Nissan Kicks para p
Nissan anuncia novo lote do crossover global Nissan Kicks para pré-venda no Brasil

Devido ao sucesso da pré-venda global do novo crossover Nissan Kicks, iniciada na sexta passada, dia 17, com a série especial Rio 2016, a marca coloca agora à venda unidades da versão SL, com novas opções de cores. 

O Nissan Kicks, que chega às revendas da Nissan em todo o país no dia 5 de agosto, já pode ser reservado online. Para divulgar a ação da disponibilidade do novo lote, a empresa criou um filme para TV com o embaixador da marca, o apresentador Luciano Huck. O vídeo irá ao ar no horário nobre de hoje, dia 21 de junho.

Os brasileiros interessados em garantir as unidades do Nissan Kicks poderão fazer a reserva do veículo somente por meio do site www.nissankicks.com.br.

Após seu lançamento no mercado brasileiro, o primeiro a vender o modelo em todo o mundo, o novo crossover será comercializado gradativamente em diversos países da América Latina e, depois, em mais de 80 países.

Pré-venda em site inteligente

Assim como o Nissan Kicks, o site de pré-venda é inovador e inteligente, pois está conectado ao estoque das concessionárias. Após selecionar a concessionária mais próxima ou de interesse do comprador no sistema, ele tem acesso às cores disponíveis, à faixa de preço e ao valor do sinal para confirmar a reserva. Ao realizar o cadastro a seguir, o interessado receberá um contato da Nissan para finalizar o processo diretamente na concessionária escolhida.

Nissan Kicks: o mais novo representante da excelência em crossovers

O novo crossover global da Nissan captura o DNA de design da marca. A carroceria inédita traz elementos da assinatura Nissan de estilo como a grade frontal “V-motion”, faróis dianteiros e traseiros em formato de bumerangue e o teto flutuante que dá a impressão de estender o para brisa até o fim dos vidros laterais. O desenvolvimento do veículo foi fundamentado na performance aerodinâmica, contribuindo não apenas para a dinâmica como também para maior conforto, pois diminui os ruídos provocados pelo vento.

Este projeto inteligente garante baixo consumo de combustível e performance surpreendentes. Para isso, a Nissan desenvolveu um carro que, além da eficiência aerodinâmica, apresenta baixo peso e um trem de força moderno e refinado para o crossover.

O resultado é um crossover com uma das melhores relações peso/potência do segmento, garantindo aceleração e agilidade ao mesmo tempo em que faz o Nissan Kicks ser nota “A” em eficiência energética e emissão de gases dentro do Programa de Etiquetagem Veicular (PBEV) do Inmetro. Equipado com um eficiente conjunto formado pelo motor 1.6 16V flexfuel de 114 cv de potência e a transmissão inteligente e continuamente variável XTRONIC CVT, o crossover urbano da Nissan também recebeu o selo do CONPET, concedido aos modelos que participam do programa de etiquetagem que atingem grau máximo de eficiência energética. As medições do Nissan Kicks nas médias de consumo de combustível foram as melhores do seu segmento.

Novo Gol, Novo Voyage e Nova Saveiro começam a ser exportados

Novo Gol, Novo Voyage e Nova Saveiro começam a ser exportados

  • Press Release
  • Fotos
  • Modelos já totalizam mais de 13 mil unidades exportadas para Argentina, México, Bolívia, Colômbia, Chile e Peru, Uruguai e Paraguai
  • Recém-lançados no mercado brasileiro são os mais conectados dos seus segmentos
  • Nova Saveiro abre um novo mercado para as exportações brasileiras: a Jamaica

A Volkswagen do Brasil acaba de iniciar a exportação dos recém-lançados no mercado brasileiro Novo Gol, Novo Voyage e Nova Saveiro. Os modelos, que chegam com a mais alta e inovadora tecnologia de conectividade, vão estrear nos principais mercados da América Latina. Mais de 13 mil unidades dos modelos acabam de ser  embarcadas para Argentina, México, Bolívia, Colômbia, Chile, Peru, Uruguai e Paraguai.

A Nova Saveiro acaba de abrir um novo mercado para a Volkswagen do Brasil e passa a ser exportada para a Jamaica. A marca também vai iniciar a exportação do Novo Gol e Nova Saveiro para Honduras, Novo Gol para Curaçao e Nova Saveiro para o Panamá.

“Os modelos Gol, Voyage e Saveiro são exemplos de carros de sucesso no mercado interno e nas exportações. Juntamente com o up!, e Fox são os representantes da Volkswagen do Brasil em dezenas de países reforçando a tecnologia e qualidade de nossos veículos”, destaca o presidente e CEO da Volkswagen do Brasil, David Powels.

Os modelos são historicamente sucessos nos mercados para onde são exportados.  O Gol é o carro mais exportado da indústria automobilística nacional, totalizando mais de 1,3 milhão de unidades exportadas para 66 países. Em 2015, além de ser o modelo mais exportado do País, o Gol também foi o modelo mais comercializado no mercado argentino. Em toda história, o Voyage acumula 400 mil unidades e a Saveiro 209 mil unidades exportadas.

Recém-lançados no mercado nacional, os novos modelos Gol, Voyage e Saveiro são frutos de um investimento superior a R$ 560 milhões, para o desenvolvimento de engenharia veicular e de motor, aquisição de bens de capital para modernização do processo produtivo e treinamento dos colaboradores entre outros.

Com o que há de mais inovador em sistemas de infotainment no mundo os modelos são os mais conectados dos seus segmentos no mercado brasileiro e “incorporam” a evolução do DNA mundial de design da Volkswagen, reforçando o caráter, a força e a esportividade.

A Saveiro é produzida exclusivamente em São Bernardo do Campo e o Voyage na unidade de Taubaté. Ambas as fábricas produzem também o Gol.

“Temos o desafio de buscar mercados que tenham relativa semelhança técnica com os produtos que desenvolvemos e produzimos aqui no Brasil. Quanto mais diversidade de mercados, com economias diferentes, mais sucesso teremos com nossas exportações, o que ajuda a trazer divisas para o País e manter ocupadas as capacidades de produção das nossas fábricas. Esse processo de abertura de novos mercados e incremento de volumes para os países que já exportamos segue uma estratégia de Volkswagen do Brasil com o objetivo de maximizar a capacidade produtiva de nossas fábricas no Brasil”– destaca o vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil, Jorge Portugal.

Líder em exportações

A Volkswagen do Brasil, maior fabricante histórica de veículos do País é líder em exportações no setor automobilístico. Ao longo dos seus 45 anos de exportação desde o primeiro embarque de veículos da marca, quando foram exportadas 13 unidades dos modelos Kombi e Variant, com destino ao México e países da América do Sul (1970) até os dias de hoje, a Volkswagen do Brasil já totaliza exportações de  mais de 3,3 milhões de unidades montadas (automóveis e comerciais leves – sem contabilizar CKD) exportadas para 147 países nos cinco continentes.

Em 2015, A Volkswagen do Brasil aumentou em 35% o volume exportado em relação a 2014, totalizando 124.959 unidades embarcadas para 16 mercados. Os maiores são Argentina e México.

O desempenho da Volkswagen foi 10 p.p. superior ao registrado pelo setor automotivo brasileiro, que fechou 2015 com 24,8% de crescimento nas exportações. A marca é responsável por 30% do total de embarques do setor.

Além de maior exportadora do setor em unidades embarcadas, a Volkswagen também é a maior exportadora do setor em valores, o que também a coloca entre as 25 maiores empresas exportadoras do País em 2015, considerando todos os setores, segundo os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). No acumulado do ano, a marca totalizou US$ 1.279.911.551,00 nas exportações, com um aumento de 12,2% em relação ao ano passado.