Nissan inicia a produção do Nissan Kicks na fábrica de Resende

3Anos_01_2.jpg

O Nissan Kicks, até então, chegava ao país importado do México. Para produzi-lo em Resende, a Nissan fez um investimento de R$ 750 milhões, instalou novos equipamentos na linha de produção e treinou centenas de funcionários especificamente com foco no novo veículo para garantir seu alto padrão japonês de qualidade.

No total, mais de 700 trabalhadores foram treinados especificamente para a produção do Nissan Kicks. O foco foi na avançada tecnologia embarcada e na ampla gama de sistemas de segurança que compõe o conceito da Mobilidade Inteligente da Nissan. Os especialistas da fábrica de Resende foram treinados para a perfeita instalação de equipamentos como a Câmera 360º com imagem integrada ao display do rádio, o Detector de Objetos em Movimento, os Controles Dinâmico do Chassi e Dinâmico em Curvas, o Estabilizador Ativo de Carroceria e o Controle Dinâmico de Freio Motor.

Alguns especialistas foram treinados no Global Pilot Line, centro piloto das linhas de produção da Nissan, na planta de Oppama, em Yokosuka, no Japão, e também na fábrica de Aguascalientes, no México, onde o Nissan Kicks já é fabricado. O treinamento fora do país permitiu que os funcionários pudessem absorver todo o conhecimento da montagem e dos processos de manufatura, para a perfeita execução das atividades em Resende.

O Complexo Industrial da Nissan em Resende recebeu mais de 150 novos equipamentos e novas áreas na linha de produção e na inspeção de Qualidade especificamente para atender ao Nissan Kicks brasileiro, além de terem sido adotados vários novos processos. Novos equipamentos permitem desde uma montagem precisa e segura da tampa do parta-malas e dos hacks do teto flutuante a calibração de sistemas de tecnologia avançada, como as câmeras 360º do Around View Monitor, tecnologia que oferece ao motorista uma visão 360º auxiliada por quatro câmeras, um sensor de estacionamento sonoro e luzes indicativas no painel.

Na pintura, por exemplo, foram criados dois novos processos de mascaramento para atender às especificações do crossover compacto. Tudo para permitir que versões do Nissan Kicks possam ser oferecidas com o teto flutuante com cor diferente do restante da carroceria, o que é chamado de “2-tone”, um diferencial do modelo que conquistou os consumidores brasileiros. O processo de pintura conta com um sistema automatizado sustentável e inovador “3 wet”. Nele, a aplicação da base e do verniz é feita logo em seguida a do primer, tornando o processo mais curto e reduzindo o consumo de energia. Os robôs utilizam cartuchos para a pintura – que usa água como base –, o que reduz a perda de tinta e solventes, diminuindo a emissão de compostos orgânicos voláteis (COVs), o que deixa a operação mais sustentável. Ao todo, ao longo do processo são utilizados 10 robôs de alta tecnologia e também operadores especializados em pintura.

Todas as inovações se somam aos já avançados equipamentos e processos adotados no Complexo Industrial da Nissan em Resende, que foi inaugurado em abril de 2014. Assim, o show do cantor Daniel dentro da linha de produção acaba também dando início as comemorações do terceiro aniversário da fábrica. Atualmente, a unidade industrial conta com cerca de 1.800 funcionários e produz os modelos Nissan March, Nissan Versa e, a partir de hoje, o Nissan Kicks, além dos motores 1.0 12V e 1.6 16V. Os carros atendem o mercado brasileiro e, desde 2016, também são exportados para outros países da América Latina.

Nissan Kicks
Com um estilo ousado e dinâmico, o Nissan Kicks foi criado para os clientes que levam uma vida agitada nas grandes cidades e precisam enfrentar os desafios da “selva urbana”. O modelo é um dos primeiros a integrar o conceito de “Mobilidade Inteligente” da Nissan, resultado de avançados processos de engenharia e manufatura e inclusão de itens tecnológicos que proporcionam o equilíbrio perfeito entre performance e economia de combustível.

O Nissan Kicks traduz este conceito em uma série de atributos, como um motor moderno, o câmbio XTRONIC CVT de última geração, peso menor em comparação com seus concorrentes, além de design aerodinâmico que aumenta a eficiência. Além disso, o Nissan Kicks é equipado com tecnologias de segurança úteis, como a câmera de visão 360°, o Detector de Objetos em Movimento, Controle Dinâmico do Chassi, Controle Dinâmico em Curvas, Estabilizador Ativo de Carroceria e Controle Dinâmico de Freio Motor, nos modelos topo de linha.

A comercialização do Nissan Kicks foi iniciada mundialmente no Brasil, seguindo depois para outros mercados da América Latina, com previsão de lançamento em mais de 80 países.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s