Toyota Prius 2017: Detalhes e Vídeo com o Review do exterior e interior.

Prius_2017_02

A Toyota lançou no Brasil a quarta geração do Prius, o veículo híbrido pioneiro e de maior sucesso global, com vendas acumuladas de 5,7 milhões de unidades em mais de 90 países. O Novo Prius chega com a missão de expandir o conhecimento sobre a tecnologia híbrida entre os consumidores brasileiros.

O Novo Prius também representa a visão da Toyota sobre como será a mobilidade no futuro, com o desenvolvimento de carros cada vez melhores e mais amigáveis ao meio ambiente. Em setembro do ano passado, a empresa lançou seu desafio ambiental global, onde pretende mitigar em até 90% a emissão de CO 2 originadas por veículos novos até 2050. Isso significa que todos os modelos comercializados pela Toyota, até lá, serão híbridos, elétricos ou alimentados por célula de combustível.

O modelo marca ainda uma nova Era no desenvolvimento da Toyota por ser o primeiro veículo da marca a ser montado sobre a plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture, ou Nova Arquitetura Global da Toyota, em tradução para o português). Como resultado final, o Prius apresenta desenho marcante e melhor conforto e dirigibilidade. Seu centro de gravidade está mais baixo e seu coeficiente aerodinâmico (Cx) foi reduzido de 0.25 para 0.24, resultando em melhor performance e diversão ao volante.

A quarta geração do Prius custa  R$ 126.600,00, o que o mantém como o veículo híbrido mais acessível à venda no Brasil.

VÍDEO REVIEW:

 

Confira abaixo o review completo do interior e exterior do Prius 2017

 

 

 

DESIGN E FUNCIONALIDADE

A quarta geração do Prius foi totalmente redesenhada e ganhou uma presença marcante, com linhas mais agressivas e modernas. Com base na filosofia de design icônico, que integra aspectos tecnológicos com fatores emocionais e racionais, seu exterior aponta para as funções avançadas do carro, resultando em um formato que causa impacto imediato e duradouro.

O veículo está 60 mm mais comprido (4.540 mm), 15 mm mais largo (1.760 mm) e 20 mm mais baixo (1.490 mm). O espaço na cabine também aumentou, são 15 mm a mais de comprimento (2.210 mm) e 20 mm na largura (1.490mm). O porta-malas comporta 412 litros e sua abertura ganhou 84 mm em sua largura.

A assinatura do Novo Prius está em sua silhueta triangular, partindo desde o emblema frontal da Toyota e das linhas ao longo do capô, passando sobre a parte superior da cabine e se estendendo até a traseira.

Completando o triângulo, a linha de cintura, mais inclinada para baixo à frente, transmite a sensação de movimento contínuo e cria uma estrutura avançada, na qual os vidros, em conjunto com a carroceria, entregam uma aparência unificada e agressiva. As curvas do Novo Prius fluem e

 

O acabamento em preto da coluna C cria a ilusão de teto flutuante e acentua o aspecto esportivo do modelo, que também teve o teto reduzido em 20 mm e deslocado um pouco mais à frente.

Os novos faróis minimizam a área frontal do Prius e garantem, ao mesmo tempo, uma potente iluminação em LED, assegurando-lhe contornos e caráter distinto. Na traseira, as lanternas combinam formas ousadas e originais, desde o s poiler até as linhas laterais, enaltecendo a personalidade do veículo.

O desenho funcional do Prius foi pensado para minimizar o consumo de combustível. As rodas de liga leve de 15 polegadas, por exemplo, receberam calotas com partes curvadas em forma de onda, que mitigam a resistência ao ar. Há ainda aletas aerodinâmicas frontais e traseiras que otimizam a passagem do vento.

As inovações alcançaram o interior do Novo Prius, projetado para criar uma forte presença, ser símbolo de avanço tecnológico e enaltecer o aspecto emocional, unindo funcionalidade, prazer ao dirigir e sofisticação.

A qualidade dos materiais utilizados no interior do veículo garante conforto e suavidade ao toque. O habitáculo está maior, devido a alguns detalhes, como as linhas finas da base do painel alinhadas às portas, até a eliminação do excesso de revestimentos na parte transversal do painel de instrumentos, portas e colunas.

O painel está ainda mais funcional e agora é disposto em camadas, que reforçam o design exterior icônico do Prius e definem de maneira clara a zona de exibição dos instrumentos. Tudo isso sem perder a herança intuitiva das gerações anteriores, com todos os comandos ao alcance da mão do condutor, como a manopla de transmissão do tipo j oystick, localizada diretamente no painel.

Os assentos foram redesenhados. Nos bancos dianteiros, reforços no estofado ampliaram o conforto, proporcionando ergonomia precisa. Os encostos de cabeça e lombar foram posicionados para garantir postura ideal aos ocupantes, resultando em redução da pressão sobre os músculos das costas e pescoço.

LISTA DE EQUIPAMENTOS

O Novo Prius possui itens que elevam o bem-estar, conforto e conveniência dos seus ocupantes. S ã o m u i t a s n o v i d a d e s , c o m o o a r – c o n d i c i o n a d o d u a l z o n e c o m c o m a n d o S – F l o w , c a p a z d e concentrar o fluxo de ar apenas nas áreas da cabine onde há ocupação. Pela primeira vez equipando um modelo da Toyota no Brasil, o sistema reconhece automaticamente se o banco traseiro está vazio e direciona o ar somente para a zona frontal. As informações podem ser controladaspeloscomandosqueaparecemnod isplay digitaldopainel.

 

O modelo dispõe ainda de carregador de celular sem fio (compatível para aparelhos que suportam essa tecnologia), sistema de navegação integrado, head-up display colorido e TV digital.

A tecnologia marca forte presença no Prius. O modelo chega com o Smart Entry System nas portas dianteiras, permitindo o destravamento do veículo por proximidade da chave, e com o sistema de ignição simplificada, por meio do S tart Button.

Comercializado em versão única, o híbrido da Toyota também oferece de série banco do motorista com regulagem de altura e distância, além de regulagem lombar elétrica, revestimento em padrão couro e material sintético nos assentos, aquecimento dos bancos dianteiros, vidros elétricos nas quatro portas, com função “um toque” e sistema antiesmagamento, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, travas elétricas, descansa braços traseiro (16 mm mais largo em comparação com a geração anterior) com porta-copos, retrovisores externos

elétricos, retráteis e com indicadores de direção, retrovisor interno eletrocrômico, volante em padrão couro com comandos integrados do áudio e do computador de bordo, controle de velocidade de cruzeiro, aviso sonoro de faróis ligados, entre outros.

Luzes de leitura individuais dianteiras e no teto na parte traseira, além de tomada de energia, completam a lista de conforto e conveniência.

SISTEMA DE ÁUDIO E COMPUTADOR DE BORDO

O sistema multimídia que equipa o Prius contempla rádio AM/FM, CD e MP3 player, conexões Bluetooth®, USB e AUX, além de sistema de navegação em uma tela de 7” sensível ao toque, garantindo fácil operação e uma excelente qualidade de imagem e som.

Já o computador de bordo possui um monitor TFT com dois visores de 4.2 polegadas. Nele, o motorista pode personalizar o conteúdo da tela principal com suas preferências, entre exibições simples ou segmentada.

A opção simples traz a velocidade do veículo, quantidade de combustível restante, indicador do modo de condução (Power, ECO, Normal e EV), temperatura externa, distância percorrida após a partida, economia média de combustível, entre outras informações. A visão segmentada acrescenta informações como indicador simplificado do sistema híbrido, medidor instantâneo de combustível e carga da bateria armazenada pelo sistema híbrido.

A tela multifuncional possui sete abas. Na primeira, a de informações de direção, é possível visualizar o funcionamento do sistema híbrido, ter orientação de “acelerador ECO”, que propõe diretrizes para uma condução mais amigável ao meio ambiente; e acessar a função E CO Sc ore e pontuar quão “amiga do meio ambiente” foi sua condução em uma determinada distância percorrida.

É possível ainda registrar o consumo de combustível considerando variáveis múltiplas: – Em meia hora o d isplay m ostra o uso de combustível em intervalos de cinco minutos;

 

– A cada 15 quilômetros, o display exibe a informação em intervalos de um quilômetro e; – A cada 30 quilômetros, o gráfico considera o consumo de cinco em cinco quilômetros.

Também é possível calcular o consumo de combustível na última viagem do mês atual, nos últimos quatro meses ou ainda no mesmo mês do ano anterior.

Há ainda a função E co Diary, que fornece uma lista diária e mensal de distância percorrida e consumo médio de combustível.

Pela função E co Wallet c alcula-se o custo total com combustível e quanto o motorista economizou com gasolina em uma única viagem ou em um mês. Esse dispositivo ainda registra o valor total despendido com gasolina nos últimos cinco meses.

É possível também visualizar o percentual do tempo que o Novo Prius operou exclusivamente no modo elétrico.

As demais abas apresentam funções ligadas aos sistemas de navegação e de áudio, controle de temperatura, informações de apoio ao condutor, mensagens de aviso e configurações.

MOTORIZAÇÃO, DESEMPENHO E EFICIÊNCIA

O Novo Prius conta com o sistema Hybrid Synergy Drive da Toyota em sua nova geração e combina um motor a gasolina de 1.8 litro VVT-i de ciclo Atkinson, com 98 cv de potência a 5.200 giros e 14,2 kgfm de torque a 3.600 rpm, que foi redesenhado e teve redução de tamanho e peso. Esse propulsor funciona em conjunto com outro elétrico de 72 cv e 16,6 kgfm de torque, garantindo aceleração suave e excelente conforto ao rodar em qualquer tipo de condução.

O Novo Prius entrega potência combinada estimada de 123 cv, priorizando o baixo consumo de combustível, sem comprometer o desempenho. Em testes realizados pela Toyota no Japão, ele acelerou de 0 a 100 km/h em 11 segundos.

O motor a gasolina do Novo Prius atinge eficiência térmica máxima de 40%, um dos mais eficientes produzidos em massa no mundo. O avanço foi alcançado, em parte, devido ao uso de um alto volume de gases no sistema de recirculação dos gases de exaustão (EGR), e melhorias no sistema de combustão. Adicionalmente, a entrada de ar da admissão foi redesenhada, o que melhora o fluxo de ar dentro da câmara de combustão. Além disso, o sistema de refrigeração foi aprimorado, otimizando a temperatura interna do motor. O atrito dos componentes deslizantes do motor foi reduzido com uso de óleo de baixa viscosidade.

O eixo da transmissão e o motor elétrico também foram redesenhados, reduzindo o peso combinado. O propulsor elétrico, especificamente, está mais compacto e teve sua relação peso/potência melhorada. Em comparação à geração atual, houve uma redução de 20% nas perdas mecânicas por fricção.

O s oftware do sistema híbrido recebeu atualizações que melhoraram a percepção de aceleração, revelando respostas mais suaves e diretas, mesmo em rotações mais baixas. Os componentes

 

fundamentais do sistema, como unidade de controle de potência e a bateria, também foram redesenhados ou revistos, para reduzir peso e melhorar a eficiência do veículo.

A bateria híbrida de níquel, responsável por alimentar o motor elétrico do Prius, antes localizada no porta-malas, foi transferida para a parte inferior direita do banco traseiro, contribuindo para a redução do centro de gravidade e aprimorando a estabilidade na condução do veículo, sem comprometer o espaço interno para os ocupantes. Uma entrada de ar foi introduzida no banco do passageiro, otimizando o arrefecimento da bateria híbrida e melhorando sua performance.

O Novo Prius é considerado uma referência mundial em baixa emissão de poluentes. O modelo emite cerca de 40% menos CO , comparado a um veículo convencional.

Com relação ao consumo, o INMETRO reconheceu a nova geração do Prius como o carro mais eficiente do País, registrando 18,9 km/l em ciclo urbano e 17 km/l em rodovias. A economia de combustível do Novo Prius, quando confrontado com um modelo de mesmo porte movido a gasolina, é de até 52% na cidade e 42% na estrada.

O Prius possui sistema de freios regenerativos, que acumula a energia cinética gerada pelas frenagens e a transforma em energia elétrica, alimentando a bateria híbrida. Isso garante maior autonomia ao modelo no modo elétrico, também contribuindo para economia de combustível.

A transmissão do Novo Prius continua ser do tipo CVT.

PLATAFORMA TNGA

A maior parte dos avanços de segurança, desempenho e conforto presentes na quarta geração do Prius está ligada à Nova Arquitetura Global da Toyota (TNGA), programa de desenvolvimento inovador e integrado para a construção de componentes de p owertrain e plataformas de automóveis da marca.

Um dos pilares da TNGA é tornar a condução dos veículos mais confortável em todas as ocasiões. E conforto ao dirigir significa garantir ao motorista uma posição realmente agradável para enfrentar longos períodos dentro do carro, tanto nos congestionamentos das grandes cidades quanto em longas viagens. A plataforma TNGA possibilitou melhorias, desde a estrutura dos assentos até novas posições para volante, pedais, manopla de transmissão, entre outros itens.

A rigidez torcional do Novo Prius foi melhorada em 60% em relação à geração anterior, devido ao uso de laser com pontos de soldagem em intervalos mais curtos em todo o chassi, diminuindo a distância entre as partes soldadas. A quantidade de chapas de aço de alta resistência aumentou de 3% para 19% na quarta geração. Isso se traduz em mais conforto aos ocupantes.

A proposta da plataforma TNGA também permitiu melhorias na suspensão do Prius. O sistema MacPherson permanece na dianteira, mas foi otimizado para assegurar rigidez e respostas mais rápidas e lineares ao condutor. A suspensão traseira conta com triângulos superpostos d0 sistema multilink, capaz de proporcionar respostas mais firmes e dinâmicas, além de oferecer um nível excelente de estabilidade e conforto aos ocupantes.

Somadas ao chassi mais leve e ao ganho em rigidez, as novas suspensões asseguram melhor estabilidade e dirigibilidade ao Novo Prius, em qualquer estilo de condução, tornando-o ainda mais ágil nas curvas.

A plataforma TNGA também possibilitou otimização aerodinâmica do Prius, em virtude da maior inclinação do modelo à frente, com redução de cerca de 70 mm na altura frontal. Embora o maior apelo do híbrido seja a economia de combustível e a baixa emissão de poluentes, a nova geração do Prius une a estes atributos um toque de esportividade, reforçando a proposta “f un to drive” da Toyota, com o centro de gravidade mais baixo em cerca de 20 mm.

Alguns benefícios práticos da TNGA, aliados ao novo desenho e construção da quarta geração do Prius são o rebaixamento da posição dos bancos em 55 mm na dianteira e 23 mm na traseira; e o aumento do espaço para a cabeça dos ocupantes de 25,5 mm na dianteira e 3 mm na traseira. O ângulo da direção foi reduzido de 24 graus para 21 graus, enquanto ângulo de visão do vidro traseiro melhorou de 33.6 graus para 38.3 graus.

SEGURANÇA

O Novo Prius foi projetado para atender aos mais rigorosos padrões de segurança. Além de criar uma experiência de condução dinâmica, a plataforma TNGA oferece uma estrutura de quadro de alta resistência, que aumenta a proteção dos ocupantes em caso de colisão.

A carroceria mais rígida foi projetada para distribuir energia no caso de impacto frontal, por meio de diversos reforços colocados sob o assoalho, que ajudam a reduzir a quantidade de energia.

O Novo Prius é equipado com diversos itens de segurança, como sete airbags (duplo frontal, duplo lateral, dois de cortina e um de joelho para o condutor); alerta sonoro para uso do cinto de segurança nos assentos dianteiros; três apoios de cabeça com regulagem de altura para os

passageiros do banco traseiro; cintos de segurança de três pontos e pré-tensionadores para todos os ocupantes; câmera de ré projetada na tela de LCD com alerta sonoro; imobilizador por código eletrônico na chave; luz auxiliar de freio; sistema de alarme com acionamento à distância e travas de segurança para crianças nas portas traseiras. Além dos faróis de neblina em LED dianteiros, presentes na geração anterior, o Novo Prius recebeu luz de neblina traseira, também em LED.

A todo este pacote, somam-se o controle de estabilidade (VSC), sistema de freios ABS e sistema auxiliar de frenagem EBD nas quatro rodas.

CUSTO DE MANUTENÇÃO

 

O Prius possui um plano de manutenção fechado que prevê seis revisões ao longo de seis anos, além da garantia de três anos oferecida pela Toyota. Os serviços podem ser realizados nas 214 concessionárias da marca no País.

Para oferecer a melhor experiência de compra e propriedade aos seus clientes, os preços estabelecidos pela Toyota nas revisões dos 10 mil aos 50 mil km são próximos aos da tabela do Corolla, sedã médio da marca com um dos mais competitivos pacotes de manutenção em seu segmento.

CORES

O Novo Toyota Prius estará disponível em toda rede de concessionárias da marca nas cores Branco Polar, Branco Perolizado, Preto Atitude, Prata Galáctico, Cinza Granito, Azul Noturno e a inédita Vermelho Emoção.

 

Audi A8 disfarçado aparece como convidado surpresa na estreia mundial de “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”

A177409_medium.jpg

Na noite desta quarta-feira, o novo Audi A8 pôde ser visto em Los Angeles ao lado de muitas estrelas de Hollywood na estreia mundial de “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”. Tom Holland, que interpreta Peter Parker/Homem-Aranha, foi conduzido ao tapete vermelho do TLC Chinese Theatre. Enquanto isso, Robert Downey Jr. e Jon Favreau chegaram juntos em um R8 Spyder preto.

Normalmente, a equipe de Desenvolvimento Técnico da Audi reveste seus protótipos secretos com um adesivo especial que traz um padrão de camuflagem com redemoinhos nas cores preta e branca. Dessa vez, entretanto, o departamento de Design desenvolveu uma nova camuflagem com desenho específico para a aparição no tapete vermelho da estreia mundial de “Homem Aranha: De Volta ao Lar”. Os redemoinhos tradicionais foram modificados para incorporar teias de aranha nas portas do veículo e dentro das argolas do logo.

Antes mesmo da estreia oficial, os primeiros lampejos do A8 podem ser vistos na telona durante o filme – espectadores visualizam partes do design dianteiro e lateral do modelo. Além disso, é possível ver em ação o Audi AI Traffic Jam Pilot quando Happy Hogan conduz Peter Parker e momentaneamente remove as mãos do volante. Graças à ativação do sistema, o A8 pode assumir a direção e continuar a condução de forma autônoma.

Audi Arrives At The World Premiere Of 'Spider-Man: Homecoming'
 

Renault Duster Oroch Express: versão voltada ao trabalho por R$ 66.190

Duste Oroch - Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault.

A picape Duster Oroch, aumenta sua gama com a chegada da versão Express,  uma configuração voltada ao trabalho, que estará disponível para vendas a partir de R$ 66.190.

Com mais de 22 mil unidades vendidas no Brasil e reconhecida por sua robustez, a Duster Oroch mantém suas principais características na versão Express.

Essa versão se destaca por ser um veículo ideal para uso misto, contando com 4 portas, comportando 5 passageiros com o excelente conforto proporcionado pelo amplo espaço interno e pela suspensão traseira independente Multilink, além de proporcionar uma ótima capacidade de carga de 680 kg, que é bem maior que todos seus concorrentes, tornando-a um veículo ideal para o uso voltado ao trabalho. Essa ampliação da capacidade de carga é fruto do árduo trabalho do time de engenharia da Renault, que por meio de diversas otimizações consolidou a Duster Oroch Express como líder nesse quesito.

Duste Oroch - Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault.

A picape recebe como opcionais ar-condicionado e vidros elétricos, que constituem o Pack Comfort (R$ 3.400). Para os clientes que desejam ampliar ainda mais sua utilização para o trabalho, disponibilizamos o Pack Service (R$ 1.090) que é composto por extensor de caçamba e grade de proteção do vidro traseiro.

A Duster Oroch Express está disponível com o novo motor 1.6 SCe com 120 cv, sempre associado a um câmbio manual de cinco velocidades. Este conjunto garante economia de combustível e prazer ao dirigir. A picape sai de fábrica com direção eletro-hidráulica, que permite um menor esforço na hora de realizar manobras.  Como nesse sistema a bomba da direção passa a ser acionada por um motor elétrico a parte, evita-se a perda de potência e se reduz o consumo de combustível.

Duste Oroch - Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault.

Além disso, o veículo já vem equipado de série com protetor de caçamba e ganchos para amarração de carga.

O motor 1.6 SCe, que manteve os números de potência e torque, é destaque no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), elaborado pelo Conpet, com nota “A” em consumo de combustível. Para conferir ainda mais economia, essa versão vem equipada com o Eco-mode, que reduz o consumo do veículo em até 10%.

Esta versão também se destaca por oferecer uma condição diferenciada para produtor rural, que poderá ser complementada com planos de financiamento exclusivos, aliados à pacotes de manutenção de 1 a 3 anos.

Novo Ford EcoSport 2.0 Titanium 2018

NovoEcoSport2.0Titanium-1

A Ford acaba de revelar mais informações de como será o Novo EcoSport 2.0 Titanium, com a proposta de ser um utilitário esportivo completo. Modelo premium da linha, o SUV chegará em meados de agosto totalmente renovado com design dianteiro imponente com grade de controle ativo, o motor mais potente da categoria, de 176 cv, nova transmissão automática de seis velocidades, sistema de conectividade SYNC 3 com tela flutuante de 8 polegadas, teto solar elétrico e interior totalmente novo com a cor clara “Light Stone”.

Oferecendo o que há de mais avançado na classe em itens de segurança, com 7 airbags, conforto e flexibilidade, o Novo EcoSport 2.0 Titanium será o líder da categoria em desempenho e equipamentos de série de última geração. A Ford deve anunciar seu preço no próximo mês, dentro de uma estrutura de comercialização altamente vantajosa no segmento, desde o valor de aquisição aos itens de manutenção e serviços.

O motor 2.0 flex tem injeção direta de combustível e duplo comando variável independente de válvulas. Com bloco, cabeçote e cárter de alumínio, gera uma potência líder da categoria. Acelera de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos. A nova transmissão automática com conversor de torque tem seis velocidades e permite trocas manuais pelo sistema “paddle shift” instalado no volante.

O piloto automático (controle de cruzeiro) possui limitador de velocidade para aumentar a segurança. Tudo novo também na suspensão, com eixo traseiro de curso ampliado e molas reforçadas para melhor absorção de impactos.

O EcoSport Titanium traz muitos itens de segurança ativa e passiva. É o único na categoria a oferecer sete airbags de série – frontais, laterais dianteiras, de cortina e de joelhos para o motorista. Compõem o conjunto a direção elétrica, o monitoramento individual de pressão dos pneus, a câmera de ré, o alerta de ponto cego e tráfego cruzado e o sistema anticapotamento, item preventivo num SUV.

NovoEcoSport2.0Titanium-3

O Novo EcoSport 2.0 Titanium inclui ainda controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro, alarme e sistema de fixação Isofix para duas cadeiras infantis.

As mudanças no design incluem novo capô, para-choque, faróis e grade dianteira elevada, que deixam o veículo mais robusto e também têm um caráter funcional, tornando a aerodinâmica 11% mais eficiente (0,35 Cx). A ampla grade externa adota um sistema de controle ativo que abre e fecha de acordo com a velocidade, garantindo maior economia de combustível. Os faróis de duplo refletor têm lâmpadas de xenônio e luzes diurnas de LED.

Na lateral, destaque para as rodas de 17 polegadas, bagageiro de teto de novo desenho e o friso cromado. O para-choque traseiro também é novo. O teto solar é elétrico.

O interior do EcoSport 2.0 Titanium é super-refinado no design e traz materiais totalmente novos, incluindo painel com toque macio (“soft touch”). Os bancos redesenhados, com bom apoio lateral, são de couro tratado com repelente de sujeira. O volante é multifuncional, também em couro.

NovoEcoSport2.0Titanium-4

Destaque para a central multimídia de nova geração SYNC 3, com tela flutuante sensível ao toque de 8 polegadas, de alta resolução, com comandos de voz. O sistema de som é premium Sony, com nove alto-falantes. O painel de instrumentos com tela colorida auxiliar de 4,2 polegadas exibe as informações do computador de bordo usando recursos gráficos e de imagem. O ar-condicionado é digital de grande potência.

NovoEcoSport2.0Titanium-5

Além da ergonomia, a flexibilidade é outro avanço do modelo. Tem compartimentos para acomodar smartphones, duas entradas USB no console e dois pontos de força de 12 V. O console central tem um descansa-braço com compartimento interno. A chave abre e fecha automaticamente as portas da frente e do porta-malas com o sensor de presença.

Outros itens de conforto e segurança do Novo EcoSport 2.0 Titanium são a partida por botão, sensor de chuva, porta-luvas climatizado, porta-malas com abertura elétrica, acendimento automático dos faróis e vidros elétricos com acionamento a um toque.

O porta-malas, de 356 litros, possui um assoalho inteligente que permite configurar o espaço em três posições, criando um porta-objetos inferior de 52 litros. Ele pode também formar uma plataforma plana com o banco traseiro rebatido, ampliando a área de bagagem para 1.178 litros. No total são 20 diferentes porta-objetos na cabine.

A engenharia do silêncio também foi aplicada no Novo EcoSport 2.0 Titanium, resultado do refinamento do chassi, da suspensão e do isolamento acústico do interior e do exterior com para-brisa acústico, novos revestimentos e defletores nas rodas e na parte dianteira e traseira do utilitário esportivo.

BMW apresenta nos EUA novo X3 e confirma modelo para o Brasil

P90263733_highRes

O novo BMW X3 foi revelado hoje, segunda-feira (26), na fábrica do BMW Group na Carolina do Sul (Estados Unidos). Completamente reformulada, a nova geração do modelo recebeu atualizações visuais, melhorias técnicas, aprimoramentos aerodinâmicos e novos equipamentos. Além disso, o novo BMW X3 é o primeiro SAV a receber pacote M Performance, que leva o modelo dos 0 aos 100 km/h em apenas 4,6 segundos. O novo BMW X3 chega ao mercado brasileiro no primeiro quadrimestre de 2018.

 

Visual agressivo

A terceira geração do novo BMW X3 mantém a ousada linguagem visual do modelo, combinando o estilo familiar da linha BMW X a uma força generosa nas rodovias e fora de estrada. As dimensões exteriores estão praticamente inalteradas, porém o modelo ganhou 2,2 polegadas na distância entre eixos. O capô longo e a saliência frontal extremamente curta oferecem proporções equilibradas, enfatizando a distribuição de peso de 50:50 entre os eixos dianteiro e traseiro.

P90263725_highRes

Pela primeira vez em um modelo BMW X, a grade dianteira é “tridimensional” com o sistema “active air flap control” e faróis de neblina em formato horizontal. Na traseira, ganham destaque as lanternas traseiras “tridimensionais” e o novo sistema de escapamento esportivo.

Cabine moderna e luxuosa

Internamente, a cabine ficou mais luxuosa com os novos revestimentos do painel e das portas. Um dos destaques é o novo head-up display, que projeta imagens coloridas em alta definição no para-brisa e ficou 75% maior em relação ao sistema anterior. O painel central é adornado pela nova central multimídia com tela de 10,25 polegadas, sensível ao toque, e tecnologia de controle por gestos. Há ainda ar condicionado automático de três zonas e bancos esportivos.

P90263747_highRes

Segurança

O modelo oferece sistema se segurança de última geração do BMW Group, como o sistema de detecção de acidentes “Active Protection”. Além disso, o modelo traz engate de reboque de série em alguns mercados – o primeiro utilitário do BMW Group a sair de fábrica com esse equipamento.

 

Opções dinâmicas: suspensão esportiva, controle de amortecedor dinâmico, freios esportivos e direção esportiva variável.

 

A suspensão M Sport, que é padrão no modelo X3 M40i, oferece ao motorista uma performance mais firme (molas, amortecedores e barras anti-rolagem). O Dynamic Damper Control está disponível no modelo X3 xDrive30i e inclui amortecedores controlados eletronicamente que se adaptam à superfície da estrada e à situação de condução. Ao mesmo tempo, o motorista pode usar o interruptor de controle dinâmico de direção para variar as características básicas da suspensão.

P90263750_highRes

Os freios esportivos são padrão no novo BMW X3 M40i e apresentam pinças dianteiras fixas de quatro pistões de alumínio pintadas em azul. Os discos de freio possuem altos níveis de resistência térmica para proporcionar um poder de frenagem robusta apesar do seu peso extremamente baixo. A direção esportiva variável padrão do BMW X3 M40i é um opcional disponível no modelo BMW X3 xDrive30i.

 

O BMW X3 M40i: novo modelo emblemático. 

O novo BMW X3 M40i anuncia a chegada do primeiro M Performance neste modelo. O poder vem de um novo motor em linha M Performance TwinPower Turbo de 6 cilindros. A unidade de 3.0 litros gera uma potência de 360 cv de 5.500 a 6.500 rpm. O torque máximo de 500 Nm entre 1.520 e 4.800 rpm. Com isso o novo BMW X3 M40i possui a melhor aceleração do segmento de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e atinge uma velocidade máxima de 250 km/h.

P90263720_highRes

 

O BMW X3 xDrive30i. Mais poder. Mais eficiente.

 

O motor a gasolina de 4 cilindros TwinPower Turbo de 2.0 litros do novo BMW X3 xDrive30i tem uma potência de 252 cv a 5.200 rpm e um torque máximo de 350 Nm entre 1.450 a 4.800 rpm. A aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 6,3 segundos e sua velocidade máxima é de 240km/h. A transmissão é a Steptronic de 8 velocidades.

No BMW X3 xDrive30i, a sintonia de transmissão é compatível com as características de desempenho específicas do motor, enquanto a transmissão do modelo X3 M40i foi ajustada às especificações M Performance. A transmissão é projetada para ser ainda mais eficiente, ajudando a reduzir o consumo de combustível e as emissões.

 

BMW ConnectedDrive: conectividade perfeita entre os proprietários, seu X3 e seu smartphone.

 

O novo BMW X3 também se destaca pela conectividade com uma tela de 10,2″ com tecnologia Touchscreen. O BMW Gesture Control opcional, que estreou na atual BMW Série 7, acrescenta uma maneira única de interface com o X3.

P90263746_highRes

O BMW Gesture Control permite que numerosas funções de infotainment, comunicação e navegação sejam operadas intuitivamente usando gestos. O veículo também pode ser controlado usando o Intelligent Voice Control, baseado na nuvem, que oferece o nível mais avançado de controle de voz atualmente disponível. Isso permite que os drivers formulem seu pedido falando normalmente em vez de ter que usar um conjunto de comandos falados e pré-programados.

 

 

 

NOVO x ANTIGO

P90264673_highResP90264672_highResP90264670_highResP90264669_highResP90264668_highRes

Vinculado ao mundo digital do motorista graças ao BMW Connected.

 Os serviços digitais do aplicativo BMW Connected, disponível tanto no iOS quanto no Android, trazem conectividade inteligente para o novo BMW X3 e uma conveniência inigualável para o motorista. Com a ajuda da plataforma Open Mobility Cloud, os serviços digitais se conectam ao BMW X3 através de dispositivos como smartphones ou smartwatches, resultando em uma conectividade perfeita.

A seleção de dispositivos que podem se conectar ao novo BMW X3 por meio do BMW Connected vai além do smartphone suportando dispositivos inteligentes como o Apple Watch e o Samsung Gear (S2 e S3) para o Amazon Echo. Os clientes podem usar o serviço de voz Alexa da Amazon Echo para verificar o nível de combustível do seu novo X3, por exemplo, bloquear o veículo ou ativar a função de ventilação, tudo pelo controle de voz no conforto de sua casa.

Detectando acidentes antes de acontecerem.

 O sistema de detecção de acidentes Active Protection aumenta a segurança passiva detectando possíveis situações de perigo à medida que surgem. Se um risco de colisão for detectado, o sistema desencadeia automaticamente uma variedade de medidas de proteção aos ocupantes.

Os tensores do cinto do motorista e do passageiro dianteiro são ativados e os vidros e o teto panorâmico, fechados. Após uma colisão, o Active Protection automaticamente leva o veículo a uma paralisação. A função Frontal Collision Warning detecta um risco iminente de colisão com os veículos a frente e prepara os sistemas do veículo para um possível impacto.

GALERIA DE FOTOS:

Mercedes-AMG E63 S 4MATIC+ chega ao Brasil por R$ 699.900

Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+, W 213, 2016

A Mercedes-Benz anuncia a chegada ao mercado brasileiro do novo Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+. Com o lançamento desse modelo, que vem complementar e assumir a posição de topo de linha da família Classe E, a Mercedes-AMG oferece o sedã executivo mais inteligente do mundo com o motor mais potente dessa linha em todos os tempos. O lançamento também estabelece novos parâmetros em seu segmento com tecnologias inovadoras: a estratégia inteligente de propulsão eleva os limites de desempenho dinâmico a um nível altíssimo.

O motor V8 4,0 litros de 612 cv é o mais potente da linha AMG oferecido no Brasil e está ainda mais eficiente, graças ao sistema de desativação de cilindros de série. Acelerando de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, o novo modelo está no topo de sua categoria. A transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT 9-marchas conta com um sistema de embreagem banhada a óleo, permitindo tempos de resposta ainda mais ágeis. Outro destaque é o sistema AMG Performance 4MATIC+ de tração integral totalmente novo, que combina as vantagens de várias configurações de condução. A distribuição de torque entre os eixos, que era fortemente voltada para a traseira, pela primeira vez é totalmente variável e garante ótima tração independentemente das condições da pista.

O avançado motor V8 AMG utiliza a alimentação com dois compressores que não se localizam fora das bancadas de cilindros, mas entre elas no V interno do motor. O benefício dessa configuração é um design mais compacto do motor, ótima resposta dos turbos e menos emissões do escapamento, graças ao fluxo de ar otimizado na direção dos conversores catalíticos montados junto ao motor.

Os dois turbocompressores “Twin Scroll” entram em ação pela primeira vez para reforçar o desempenho e aumentar ainda mais as respostas do motor. A estrutura é dividida em duas passagens de fluxo paralelas. Combinadas com dois dutos de exaustão separados no coletor de escapamento, elas possibilitam controlar separadamente os gases no rotor da turbina. Outras medidas adotadas no motor incluem novos pistões, uma entrada de ar otimizada e resfriamento do ar da alimentação, assim como um amplo desenvolvimento de software. Injeção direta de gasolina, o cárter totalmente em alumínio, o design de quatro válvulas por cilindro com ajuste do eixo de comando, resfriamento do ar de alimentação com ar e água, gerenciamento do alternador, a função ECO start/stop e o modo “roda livre” foram todos mantidos.

Gerenciamento de cilindros AMG

Para máxima eficiência, a Mercedes-AMG equipou o motor V8 com o sistema de desativação de cilindros AMG Cylinder Management. É a primeira vez que ele é usado em um motor turboalimentado da marca de veículos de alta performance. Quando o motorista seleciona o programa de condução “Comfort”, o sistema de desativação de cilindros é disponibilizado em uma ampla faixa de rotações do motor entre 1.000 e 3.250 rpm. A transição da operação com quatro para oito cilindros é imediata, rápida e imperceptível.

Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+, W 213, 2016

O modelo é equipado com coxins dinâmicos para o motor, que se adaptam instantaneamente e modificam sua rigidez de acordo com as condições de rodagem e estilo de condução. Esta regulagem aumenta a precisão do veículo quando conduzido de forma mais dinâmica. A resposta da direção e a sensibilidade no volante, por exemplo, são muito mais diretas.

Tração integral variável AMG Performance 4MATIC+

O modelo é oferecido exclusivamente com o inovador sistema de tração integral AMG Performance 4MATIC+. Esse sistema inteligente reúne as vantagens de várias configurações de condução. A distribuição do torque entre os eixos dianteiro e traseiro, que pela primeira vez é totalmente variável, garante ótima tração até o limite físico. O motorista também consegue alta estabilidade de direção e segurança em todas as condições, seja com a pista seca ou molhada. A transição da tração traseira para integral e vice-versa acontece sem interrupções.

Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+, W 213, 2016

Um conector controlado eletromecanicamente conecta de forma variável o eixo traseiro, que tem tração permanente, com o eixo dianteiro. A melhor distribuição de torque possível é calculada continuamente de acordo com as condições de direção e a intervenção do motorista. O sedã de alta performance pode assim ser dirigido de uma forma continuamente variável desde a tração integral à tração puramente traseira. O sistema de tração integral também eleva a dinâmica longitudinal, para uma aceleração ainda mais poderosa.

Graças à distribuição de torque completamente variável, é possível executar manobras de derrapagem controlada (drift). O modo drift faz parte das especificações de série do Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+. Ele pode ser ativado no programa de condução “Race” usando as palhetas de câmbio, desde que o ESP seja desativado e a transmissão esteja em modo manual.  Quando o modo drift é ativado, o E 63 S 4MATIC+ torna-se um veículo puramente com tração traseira.

Alta eficiência e curto tempo de troca: transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT 9-marchas

A transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT de nove marchas é especialmente afinada para as necessidades do novo E 63 S 4MATIC+.  Um desenvolvimento especial do software de comando permite tempos de troca extremamente curtos, rápidas reduções múltiplas, proporcionando uma experiência de trocas de marchas altamente emocionante. O câmbio banhado a óleo substitui o conversor de torque. Ele economiza peso e otimiza o tempo de resposta à movimentação do acelerador pelo motorista, especialmente na aceleração e durante mudanças de solicitação.

Para uma experiência personalizada: os programas de condução AMG DYNAMIC SELECT

Os cinco programas de condução diferentes da AMG DYNAMIC SELECT, “Comfort”, “Sport”, “Sport+”, “Race” e “Individual” permitem que os condutores possam modificar as características de seu Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+. Os modos modificam os parâmetros mais importantes, como a resposta do motor, transmissão, regulagem da suspensão e da direção, o ESP e o sistema de tração integral. Os acertos da suspensão também podem ser selecionados, caso desejado.

“Comfort” é o programa bem equilibrado com uma suspensão e regulagem da direção orientadas para o conforto, assim como uma configuração do trem de força eficiente em consumo e trocas de marcha para cima antecipadas – incluindo mudanças suaves e um discreto som do motor. A desativação dos cilindros, o sistema ECO start/stop e o modo roda livre são acionados: quando o motorista alivia o acelerador entre 60 e 160 km/h, as embreagens da transmissão MCT se abrem e o motor é desacoplado do trem de força. A eletrônica reduz a rotação do motor para o nível da marcha lenta e a resistência à rolagem é reduzida pela ausência das forças de compressão e atrito do motor trabalhando em alta rotação.

Os modos de condução DYNAMIC SELECT “Sport” e “Sport+” são projetados para dinâmicas de direção elevadas. Isto é resultado de uma ágil característica de reposta ao pedal do acelerador com operações de câmbio emocionantes com curtos tempos de troca e função de dupla embreagem nas reduções. A rotação da marcha lenta aumentada no modo “Sport+” ajuda ainda mais o veículo a se movimentar de forma especialmente rápida, assegurando uma aceleração mais rápida a partir do repouso. O Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+ também vem com o programa de direção “RACE” para uma condução altamente dinâmica em circuitos de corrida fechados. Nesse caso, todos os parâmetros são projetados para alto desempenho.

RACESTART mais intuitivo

A lógica de controle para a função RACESTART é nova e foi consideravelmente simplificada. Nos modos de condução Sport, Sport+ ou RACE, tudo o que o piloto precisa fazer é pressionar o pedal do freio com força com o pé esquerdo e, simultaneamente, apertar até o fim o pedal do acelerador com o pé direito.

A eletrônica irá estabelecer a rotação ótima do motor. Dependendo das exigências ou das condições da superfície da estrada, a rotação pode ser aumentada ou diminuída pela ativação das borboletas do câmbio. Quando o motorista tirar o pé do pedal do freio, o Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+ irá arrancar com o máximo de tração possível. O modelo vai de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos.

Suspensão especialmente desenvolvida para máximo desempenho lateral e longitudinal

A agilidade e as altas velocidades de curva do novo Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+ também ganharam com a suspensão esportiva AMG reestruturada. Ela é baseada na suspensão a ar multicâmaras AIR BODY CONTROL e proporciona uma estabilidade muito alta. A dinâmica do veículo e a precisão da direção também oferecem alto nível de conforto.

O design de quatro braços do eixo dianteiro utiliza componentes de alumínio forjado. A torre da suspensão suporta o peso do veículo por meio do elo de apoio através da carroceria. Controle independente das rodas e peças da suspensão das rodas combinadas com a bitola aumentada permitem acelerações laterais mais rápidas, com mínimo esforço sobre o sistema de direção.

O eixo traseiro totalmente reprojetado foi adaptado especificamente para a dinâmica mais elevada do novo sedã de alta performance. O suporte do eixo traseiro específico da AMG possibilitou o alargamento da bitola, com o deslocamento para fora das superfícies de contato dos rolamentos das rodas. Outras medidas incluem os cubos de roda especiais AMG, a regulagem elastocinemática otimizada para a dinâmica do veículo e maior cambagem negativa. Como no AMG GT R, uma barra antirrolagem feita de material tubular reduz o peso do eixo traseiro.

Experiência de condução personalizada graças ao sistema de suspensão a ar com três câmaras

O sistema de suspensão a ar com três câmaras, um acerto esportivo das molas e amortecedores, além de amortecimento com ajuste contínuo também oferecem a possibilidade de ajustar individualmente a experiência de direção. A rigidez das molas pneumáticas pode ser ajustada com precisão pela ativação ou desativação de câmaras de ar individuais. Isto resulta em um sensível aumento no conforto, assim como tem um efeito positivo na dirigibilidade.

Por meio de uma longa série de experiências e testes de rodagem, os desenvolvedores da AMG definiram três ajustes de regulagem das molas, dependendo do programa de direção selecionado e das condições reais de rodagem. Durante súbitas mudanças de carga, curvas rápidas, alta aceleração e frenagens muito fortes, a rigidez das molas é aumentada automaticamente nos eixos dianteiro ou traseiro.

No programa “Comfort”, a suspensão é predominantemente orientada para proporcionar uma rodagem suave. As irregularidades na superfície da estrada são absorvidas e o sedã viaja suavemente. No modo “Sport”, o Mercedes-AMG  E 63 S 4MATIC+ se comporta de forma significativamente mais dinâmica, com inclinação reduzida nas curvas graças à maior rigidez das molas. O modo “Sport+” oferece uma agilidade nas curvas ainda maior, devido aos eixos dianteiro e traseiro contarem com uma suspensão ainda mais rígida. Mais ainda, o cliente pode escolher entre três estágios do amortecimento adaptativo – Comfort, Sport e Sport+ – para escolher entre conforto relaxante para longas viagens ou máxima esportividade.

Diferencial traseiro com deslizamento limitado: ótima tração, inclusive nas pistas

Para melhorar a tração e o comportamento dinâmico, o Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+ tem bloqueio do diferencial traseiro controlado eletronicamente que reduz o deslizamento da roda interna nas curvas sem intervenções de controle no sistema de freios. O motorista pode acelerar mais cedo na saída das curvas e com mais potência, graças à maior tração. O veículo permanece mais estável nas frenagens em alta velocidade e o diferencial blocante também contribui para melhorar a tração na retomada de velocidade.

Boa sensibilidade e resistência à fadiga: o sistema de freios AMG de alta performance

O sistema de freios de grande porte e alto desempenho desacelera o sedã esportivo de forma rápida, segura e é resistente à fadiga mesmo sob altas solicitações. O Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+ é equipado com grandes discos de freios de material composto no eixo dianteiro, com 390 x 36mm.

O ESP de três estágios permite um dinamismo ainda maior ao veículo e diversão ao volante no modo ESP Sport Handling e com a posição ESP OFF. A lógica de tração específica permanece sempre ativa: quando uma roda perde tração, o ESP aplica os freios seletivamente para uma transferência ideal da força do motor para a estrada.

Design exterior

Com um design completamente exclusivo à frente da coluna A, a dianteira esportiva também mostra o trabalho realizado pela Mercedes-AMG nas linhas do automóvel. Pela primeira vez em um sedã AMG, o capô é encaixado entre os para-lamas e o para-choque como num cupê, exibindo assim uma forma escultural. Com uma aparência mais imponente e 27 milímetros mais largos, os arcos das rodas acomodam a maior bitola e as rodas maiores no eixo dianteiro.

Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+, W 213, 2016

A nova grade do radiador com duas barras em cromo prateado, reforços verticais pretos e as letras “AMG” também reforça o visual diferenciado. Uma larga saia dianteira inspirada no design da asa de um jato, com aletas em preto e um grande divisor dianteiro, marca fortemente a sensação de potência do novo modelo. Ele também expõe a sofisticada tecnologia de resfriamento – um item típico do esporte a motor e mais uma referência visual ao poderoso motor. As duas lâminas nas entradas de ar externas também ajudam nesse sentido, com seu perfil de asa direcionando o ar para os radiadores nos arcos de rodas.

Lateral alongada e traseira muscular

A vista lateral reforça essa impressão com a combinação de diversos elementos. Os painéis da soleira lateral parecem ficar ainda mais baixos junto à pista e alongam a carroceria.

O Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+ tem pneus tamanho 265/35 ZR 20 (frente) e 295/30 ZR 20 (atrás), montados em rodas de cinco raios de liga leve pintadas de cinza titânio fosco com acabamento em alto brilho, nos tamanhos 9.5 J x 20 (dianteiro) e 10 J x 20 (traseiro).

A traseira muscular dá o toque final em conjunção com o lábio defletor claramente definido posicionado na tampa do porta-malas, na cor da carroceria, a saia traseira com um inserto com aparência de difusor e os dois brilhantes elementos cromados das saídas duplas do sistema de escapamento selecionável. O lançamento também traz um friso estreito em cromo prateado na saia traseira.

Características esportivas: o design interno

O interior reforça a consistente tendência dinâmica, com uma série de detalhes especiais. Ideal para um estilo de condução dinâmica, o volante esportivo em couro preto tem a parte inferior plana, Touch Control e palhetas de câmbio anodizadas, assim como miolo com o logo AMG.

O motorista e o passageiro da frente desfrutam de uma posição segura nos bancos esportivos mesmo andando em alta velocidade, graças ao apoio lateral aperfeiçoado. Os destaques internos incluem a cobertura em napa do painel de instrumentos e linhas de cintura, o volante esportivo com marca em cinza cristal na posição 12 horas e costuras contrastantes, relógio analógico com design IWC e cintos de segurança cinza cristal.

Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+, W 213, 2016

O conjunto de instrumentos AMG coloca toda a informação importante no campo visual do motorista. Mostradores com aparência de bandeira quadriculada e a tipografia diferenciada dão aos grandes e legíveis mostradores um toque esportivo especial. A larga tela multifuncional com dois monitores é item de série do Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+. Clientes com paixão pelo automobilismo irão apreciar o RACETIMER, que registra tempos de voltas em pistas fechadas.

Condução Inteligente

Para os novos sedãs de alta performance, todas as funções de conectividade e Intelligent Drive (condução inteligente) que fazem do Mercedes-Benz Classe E o sedã mais inteligente do mundo estão disponíveis.  Isto inclui a condução semiautomática com o DRIVE PILOT, sistema que representa o próximo passo da Mercedes-Benz no caminho para a condução autônoma.

Em rodovias e perímetros urbanos, o Controle de Distância Ativo DISTRONIC é capaz de manter o veículo à distância correta dos automóveis à frente e também os seguir a uma velocidade de até 210 km/h. O condutor, portanto, não precisa mais operar os pedais do freio ou do acelerador durante a condução normal e também recebe uma ampla assistência ao volante do sistema Controle de Direção Ativo – mesmo em curvas de raio médio. Outro item que compõe o sistema é o Assistente Ativo de Manutenção de Faixa, que reconhece quando o veículo está involuntariamente saindo da faixa a velocidades entre 60 e 200 km/h e alerta o condutor por meio de vibrações no volante. Se não houver reação ao aviso, o sistema pode acionar os freios de um lado para ajudar a trazer o veículo de volta à pista.

Adicionalmente, a lista de equipamentos do Classe E inclui os faróis MULTIBEAM LED de alta resolução, cada um com 84 LEDs de alta performance controlados individualmente, que iluminam o caminho automaticamente com uma distribuição de luz que se adapta automaticamente para não ofuscar outros usuários da via. Isso acontece porque essa configuração permite que a distribuição da luminosidade seja controlada separadamente em cada um dos faróis se adaptando rapidamente às situações do tráfego.

O modelo será comercializado no Brasil a partir desse mês com preço sugerido de R$ 699.900,00.

Dados técnicos principais

Mercedes-AMG E 63 S 4MATIC+
Motor V8 4,0 litros com dois turbocompressores e injeção direta
Cilindrada 3.982 cm³
Potência 612 cv entre  5.750 – 6.500 rpm
Torque máximo 850 Nm entre 2.500–4.500 rpm
Sistema de tração Tração integral permanente AMG Performance 4MATIC+ com distribuição de torque variável e modo drift
Transmissão Transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT 9-marchas
Aceleração 0-100 km/h 3,4 s
Velocidade máxima 300 km/h*
Peso (kg) 1.955 kg
Pneus 265/35 ZR 20 (F) / 295/30 ZR 20 (T)
Capacidade do porta-malas (L) 540
Tanque de combustível (L) 66/10
Dimensões (mm)

Comprimento

Largura

Altura

 

4.686

2.016

1.405

Comprimento 4.993
Largura 2.065
Altura 1.460

* limitada eletronicamente

Novo BMW X3: Primeiras imagens antes do lançamento oficial.

2018-BMW-X3-image-5

 

Como esperado, a nova geração do BMW X3 teve imagens e detalhes vazados antes do lançamento oficial. As fotos são da versão M40i, e estará disponível nas versões Line, M Sport e Luxury (todas na Europa).

Na frente a grade agora está bem maior e os faróis não se ligam mais a grade como na geração anterior, e com os novos parachoques a frente do X3 ficou bastante agressiva.

2018-BMW-X3-image-6

Na traseira, as lanternas são em LED e apresenta desenho bem mais moderno, principalmente se comparada com a geração anterior.

2018-BMW-X3-image-7

 

A versões das fotos contam com o pacote M Sport e novas rodas de liga leve.

Já no interior houve um  avanço em relação a geração anterior, conta com maior qualidade dos materiais e acabamento mais refinado, alem de contar com a mesma aparência dos irmãos mais novos, inclusive o novo multimídia flutuante com tela touch em LCD.

2018-BMW-X3-image-8

 

A nova geração do BMW X3 será apresentada oficialmente na próxima segunda (26/06), e mostraremos aqui todas as novidades do novo SUV em detalhes.

 

 

VW confirma a produção do Novo Polo na unidade Anchieta

929c2ddcd966dc89585bd944c9b60d6e_4_XL

Primeira operação da Volkswagen do Brasil fora da Alemanha, a unidade Anchieta será a base de produção do Novo Polo. O modelo global é a principal novidade da Volkswagen do Brasil em 2017 e trará para a fábrica de São Bernardo do Campo algumas das tecnologias mais modernas do Grupo Volkswagen em todo o mundo, como parte do cronograma de investimentos da empresa no Brasil, até 2020, da ordem de R$ 7 bilhões.

Com a chegada do Novo Polo, a fábrica Anchieta torna sua produção ainda mais tecnológica e dá mais um passo em direção à implementação de conceitos de Indústria 4.0, que cria fábricas inteligentes, conectadas e flexíveis.

“Estamos construindo a Volkswagen do futuro. Estamos reposicionando nossa marca e preparando o lançamento de grandes novidades, com foco total no cliente. Fizemos no ano passado uma das maiores reestruturações da Volkswagen desde sua instalação no Brasil. Entre as ações, em todas as fábricas, foram firmados acordos trabalhistas com os sindicatos, com validade pelos próximos cinco anos, que permitiram redução de custos, readequação de efetivo e aumento de nossa flexibilidade. A Volkswagen é a primeira a firmar acordos de cinco anos em todas as suas unidades. Graças a uma relação madura com os sindicatos, não tivemos nesse processo de negociação nenhum dia de greve. O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC teve uma atuação de vanguarda na construção deste modelo de acordo com a Volkswagen, acordo este que assegura a produção do Novo Polo e também de um novo sedã na unidade Anchieta. Trabalhamos agora com o objetivo claro de sermos uma empresa muito mais rápida, enxuta e eficiente. Mais do que um carro, o Novo Polo também marca também o lançamento de uma nova Volkswagen no País”, diz David Powels, presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul (SAM).

Novo Polo

Com mais de 14 milhões de unidades vendidas em todo o mundo ao longo de sua história, o Polo é um dos carros compactos de maior sucesso no mundo. O best-seller vai ganhar uma geração completamente nova, que acaba de ser apresentada na Europa, e será produzida e comercializada no mercado brasileiro no segundo semestre deste ano.

Chamado por alguns de “mini-Golf”, o Novo Polo oferecerá o que há de mais moderno em termos de design, inovação, alta performance e segurança no segmento de compactos premium.

O Novo Polo vai elevar o patamar de recursos de tecnologia e segurança em seu segmento, como um modelo “best in class”, oferecendo recursos até então disponíveis apenas em veículos de classes superiores, como o Volkswagen Golf.

MQB

O Novo Polo, assim como o Golf em São José dos Pinhais (PR), é fabricado dentro do mais moderno conceito do Grupo Volkswagen, a estratégia modular MQB (Matriz Modular Transversal), que é uma nova arquitetura para a produção de veículos, já aplicada em modelos globais como o Passat e o Golf Variant. O Novo Polo estreia a nova plataforma MQB para veículos compactos da Volkswagen.

O conceito consiste na padronização do processo de manufatura nas fábricas do Grupo, estabelecendo, por exemplo, a mesma sequência de montagem e proporcionando como grande vantagem a redução do tempo de produção dos veículos. Essa base foi desenvolvida seguindo preceitos de baixo peso, utilizando aços de alta resistência que permitem aumentar a segurança e reduzir o peso total do veículo, o que colabora para a redução do consumo de combustível.

Recall: Jeep convoca 88.957 proprietários de Renegade

imagem-2

A FCA – Fiat Chrysler Automóveis Brasil Ltda. convoca os proprietários dos veículos Jeep® Renegade, todas as versões, ano/modelo 2015 a 2017, para, a partir de 26 de junho de 2017, agendarem o seu comparecimento a uma das concessionárias Jeep para que seja providenciada, gratuitamente, a substituição dos cabos elétricos do freio de estacionamento das rodas traseiras, uma vez que a eventual falha desses componentes poderá impossibilitar o travamento ou a liberação das rodas, aumentando o risco de acidente, com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, passageiros e terceiros.

A existência da mencionada falha poderá ser observada mediante o acendimento da luz-espia de avaria no quadro de instrumentos do veículo. Caso isso ocorra, dirija-se a uma concessionária da rede Jeep.

Os veículos envolvidos nesta convocação têm numeração de chassi (não sequencial) 988611151GK000279 a 98861115YHK096619, totalizando 88.957 unidades.

O tempo de reparo é de, aproximadamente, uma hora. Solicitamos que agende a sua visita na concessionária Jeep de sua preferência. Para a consulta dos números de chassis envolvidos e/ou mais informações, contate a Central de Serviços ao Cliente Jeep pelo telefone 0800 703 7150 ou consulte http://www.jeep.com.br.

Com esta iniciativa, a FCA visa a assegurar a satisfação de seus clientes, garantindo a qualidade, a segurança e a confiabilidade dos veículos da marca Jeep.

BMW M4 CS é confirmado para o Brasil

P90251019_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

Lançado recentemente na Europa, o novíssimo BMW M4 CS já está com o passaporte carimbado para o Brasil. A data de chegada da edição especial e limitada do cupê esportivo será confirmada oportunamente, assim como seu preço sugerido no mercado brasileiro. O BMW M4 CS preenche o espaço entre o M4 Coupé, equipado com o Competition Package (Pacote de Competição), e o BMW M4 GTS, concebido incondicionalmente para o uso em circuitos fechados. Com seu desenho marcadamente esportivo, o novo BMW M4 CS prolonga uma tradição de décadas de exitosos modelos M especiais, que se iniciou em 1988 com o BMW M3 Evolution, da geração E30. O novo BMW M4 CS será produzido na fábrica da BMW de Munique, na Alemanha.

 

O novo BMW M4 CS também marca a introdução de uma nova nomenclatura para os modelos BMW M. Posicionados acima dos modelos M tradicionais estão as versões Competition, com desempenho aprimorado. Acima estão os modelos da edição especial CS, ainda mais potentes. E posicionados no topo estão os chamados brand shapers, capazes de maximizar seu desempenho na pista ao mesmo tempo em que estão aptos a rodar nas ruas.

 

O motor de alta performance 3.0 litros teve sua potência de saída elevada a 460 cv, o que significa 29 cv a mais que o motor do BMW M4 convencional. Graças à mais moderna tecnologia M TwinPower Turbo, o BMW M4 CS rompe a marca dos 4 segundos, parando o cronômetro em 3,9 segundos ao acelerar de 0 (zero) a 100 km/h. A velocidade máxima do BMW M4 CS, equipado de série com o Pacote M Driver, é de 280 km/h, limitado eletronicamente. O motor de seis cilindros em linha, submetido à pressão por dois turbocompressores mono-scroll foi concebido para entregar um alto rendimento, uma linha de torque elevada, mesmo em baixas rotações, e uma grande eficiência com intercooler, injeção direta de gasolina High Precision Injection, sistema de controle variável nas válvulas VALVETRONIC e controle variável do comando de válvulas Duplo-VANOS.

P90251067_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

O BMW M4 CS está equipado de série com transmissão de dupla embreagem M DKG, de sete marchas e Drivelogic. Este câmbio ultramoderno é refrigerado a óleo e permite engatar as marchas automaticamente, ou se preferir, trocá-las manualmente por meio das hastes no volante. As mudanças de marcha ocorrem em frações de segundo e sem interrupção do fluxo de torque. Ao mesmo tempo, a sétima marcha possui relação longa para manter as rotações baixas e minimizar o consumo de combustível em viagens mais longas.

 

A suspensão do novo BMW M4 CS é praticamente a mesma utilizada no BMW M4 Competition Package. Seus componentes, tanto no eixo dianteiro, quanto no traseiro, são feitos de alumínio forjado e, portanto, são extremamente leves. Isso contribui para a estabilidade do veículo além de beneficiar sua dirigibilidade. O M4 CS é equipado de série com a suspensão Adaptive M, cuja geometria foi ajustada para oferecer um desempenho aprimorado tanto nas ruas quanto nas pistas. Prova disso é que o cupê foi desenvolvido e lapidado na pista de teste mais exigente de todas quando o assunto é carros esportivos de alta desempenho: a lendária Nürburgring Nordschleife. Seu tempo percorrido no entorno do anel, de 7min38s, insere o CS no território dos carros superesportivos.

 

Assegurar a melhor aderência possível em todas as condições de condução é responsabilidade do sistema DSC (Controle de Estabilidade Dinâmico) – que inclui M Dynamic Mode – e o Active Differential (diferencial ativo). Os sistemas de controle para a suspensão Adaptive M, DSC e Active M Differential foram modificados de acordo com os requisitos dinâmicos do BMW M4 CS assim como a configuração da direção eletromecânica. O condutor tem a opção de ajustar as configurações da direção e suspensão às suas preferências pessoais ou às demandas da rota em questão. Para isso, ele pode selecionar um dos três modos de condução (Comfort, Sport e Sport+) com o toque de um botão. Embora o modo Comfort seja particularmente adequado às condições de estrada precárias, a condução urbana e viagens curtas, o Sport é ideal para os motoristas interessados em acelerar por trajetos rústicos. E para aqueles que preferem pisar fundo em circuitos fechados, o modo Sport+ abrirá caminho para tempos de volta cada vez mais rápidos. O Sport+ gerencia todos os sistemas relevantes para oferecer a melhor dinâmica possível.

 

Além disso, as rodas de liga leve de 19 e 20 polegadas, dianteiras e traseiras, respectivamente, desenvolvidas exclusivamente para o M4 CS, também são muito apropriadas para uso em pista. De série calçam pneus Michelin Pilot Sport Cup 2. Os pneus semi-slick, também homologados para trafegar nas ruas, propiciam uma aderência imbatível e suprema estabilidade lateral em altas velocidades, bem como a melhor tração para arrancar rapidamente em curvas fechadas.

P90251056_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

 

O interior do novo BMW M4 estabelece um ambiente esportivo. Os assentos esportivos M são revestidos com Alcantara e couro, incluindo a forração da guarnição interna das portas feitas de fibras naturais prensadas, com alças de lona no lugar dos puxadores convencionais. A tampa do motor – com a característica saída de ar atrás de uma saliente elevação marcada por vincos – e o teto são feitos a partir de materiais leves, extremamente rígidos e de alta tecnologia de composto de fibra de carbono com plástico reforçado (CFRP).

 

Graças ao uso generoso de couro e Alcantara, o M4 CS convence com uma bem-sucedida combinação de ambiente esportivo e de classe inigualável. O condutor do M4 CS não terá de renunciar a uma série de comodidades entre elas, ar condicionado, sistema de som BMW Hifi Professional especificamente adaptado às peculiaridades acústicas do modelo e ainda mais, navegador GPS Professional.

P90251063_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

Fiel à forma, os designers da BMW M deram os novos contornos ao M4 CS e que refletem sua intenção explicitamente esportiva. A assinatura visual é caracterizada por uma frente proeminente, adornada por faróis de LED duplos de última geração, spoiler dianteiro com grandes entradas de ar e dividido em três seções. Estas aberturas servem para refrigerar o motor de alto desempenho com um amplo suprimento de ar e os freios de compostos de cerâmica e carbono, equipados com pinças de quatro pistões, na frente, e dois pistões, na traseira. O novo defletor de ar frontal, específico para o modelo, é feito de fibra de carbono. Este defletor juntamente com o difusor traseiro – o mesmo usado no BMW M4 GTS – assim como o aerofólio montado sobre a tampa do porta-malas, formam um conjunto capaz de reduzir ao máximo as forças aerodinâmicas ascendentes. As luzes posteriores agregam tecnologia inovadora OLED e foram concebidas pela BMW M para os modelos M4 CS e M4 GTS.

P90251022_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04