História: RANGE ROVER

 

Desde a revelação do primeiro Range Rover em 1970, o veículo nunca deixou de evoluir. O SUV mais luxuoso do mundo exibe os mais altos níveis de sofisticação, inerente capacidade e inspiração de design, junto com os avanços tecnológicos que o distinguem. Vamos olhar para a história da série de SUVs de luxo conhecida como a família Range Rover.

 

Screen Shot 2017-12-29 at 19.22.55

1969 – Protótipo Range Rover Velar

Para manter o protótipo do primeiro Range Rover um segredo muito bem guardado, os designers e engenheiros por trás desse veículo novo e revolucionário deram-lhe o nome “Velar”, derivado da palavra italiana “velare”, que pode ser traduzida como “cobrir com um véu”. Os primeiros 26 protótipos inclusive vinham com um emblema com o mesmo nome para esconder sua identidade.

Screen Shot 2017-12-29 at 19.23.10

Os primeiros protótipos do Range Rover usavam a marca Velar para ocultar sua identidade

1970 – Primeiro Range Rover 3 Portas

Após os testes bem-sucedidos com o conceito Velar, o primeiro Range Rover foi revelado para o mundo. A recepção da crítica foi calorosa, graças à combinação rara de capacidade e design elegante. Ele foi o primeiro veículo a oferecer tração permanente nas 4 rodas e tampa do porta-malas dividida, além do capô tipo “clamshell” que envolve as laterais e da linha de cintura contínua

1981 – Range Rover 4 Portas

Depois de 11 anos no mercado, o Range Rover Classic foi lançado em versão de quatro portas, oferecendo mais opções para a base de fãs cada vez maior do veículo.

 

Screen Shot 2017-12-29 at 19.23.17

1994 – Segunda Geração do Range Rover

Mais luxuosa que o seu antecessor, a segunda geração traz detalhes de design tais como a silhueta icônica e os inéditos faróis retangulares substituindo os faróis circulares. Esses detalhes passaram no teste do tempo e tornaram o veículo instantaneamente reconhecível até hoje.

2001 – Terceira Geração do Range Rover

Sempre evoluindo, o Range Rover foi o primeiro a trazer uma carroceria monobloco. A inspiração para o design da carroceria foi tirada do desenho afunilado das lanchas esportivas da marca Riva, enquanto os moitões do luxuoso iate inspiraram os acabamentos metálicos no interior do veículo.

 

Screen Shot 2017-12-29 at 19.23.29

2004 – Range Stormer Concept

O carro-conceito Stormer ficaria famoso por mostrar o caminho que o design do Range Rover iria seguir no futuro, assim como a sua abordagem corajosa para a adoção de novas tecnologias embarcadas nos veículos.

2005 – Lançamento do Range Rover Sport

A introdução do primeiro SUV esportivo na família Range Rover mostrava o compromisso da Land Rover com a performance. As opções de motores incluíam um propulsor 4.2 litros a gasolina de alto desempenho. O Range Rover Sport também oferecia suspensão a ar com articulação cruzada, dando ao motorista opções de altura de rodagem para otimizar o conforto e a condução 4×4, tanto dentro quanto fora de estrada. A altura variável era uma das diversas inovações que refletiam o desempenho dinâmico na aparência do veículo.

 

Screen Shot 2017-12-29 at 19.23.41

2008 – LRX Concept

Este conceito de veículo cross-coupé foi um passo ambicioso e progressivo da equipe de design da Land Rover. Focando em motoristas que raramente dirigem off-road, o conceito preservava a legendária capacidade da Land Rover, mas também abrigava um interior definido pela imprensa como “futurista”.

Screen Shot 2017-12-29 at 19.23.53

O design do conceito LRX viria influenciar grandemente o design do Range Rover Evoque

2011 – Lançamento do Range Rover Evoque

Eleito “Carro do Ano” por diversas publicações, o Range Rover Evoque causou sensação logo que foi apresentado, no Salão de Paris de 2010. Muitos recursos vistos no conceito LRX foram incorporados no luxuoso cross-coupé, incluindo uma nova interpretação do design clássico Range Rover.

Screen Shot 2017-12-29 at 19.23.59

A chegada do Range Rover Evoque trouxe um design novo e ousado

2012 – Range Rover Quarta Geração

A quarta geração do Range Rover foi a primeira a oferecer uma carroceria totalmente de alumínio e tornou-se imediatamente reconhecível pela sua longa distância entre eixos e pelo teto flutuante. O veículo também apresentava a nova geração do sistema Terrain Response® da Land Rover. Esta tecnologia de condução embarcada seleciona automaticamente o melhor ajuste para o terreno.

2013 – Range Rover Híbrido

O primeiro Híbrido da família Range Rover não só trouxe menor consumo de combustível e menos emissões, mas preservou o mais importante: sua capacidade. Para provar isso, o veículo embarcou em uma jornada de 16.000 km de Solihull (Inglaterra) até Mumbai (Índia), através do Himalaia, um ambiente mais que ideal para um test-drive off-road.

Screen Shot 2017-12-29 at 19.24.07

2013 – Range Rover Sport Segunda Geração

Algumas ruas de Nova York foram temporariamente fechadas para que o ator Daniel Craig, o atual James Bond, revelasse o Range Rover Sport atualizado com um motor 3.0 L V6 mais eficiente, entre outros aprimoramentos.

Screen Shot 2017-12-29 at 19.24.14

Maior potência do motor foi um detalhe fundamental na segunda geração do Range Rover Sport

2015 – Lançamento do Range Rover Sport SVR

Projetado para ser um SUV de alta performance e máxima potência, o Range Rover Sport SVR foi o primeiro a ser produzido pela equipe da Divisão de Veículos Especiais. Sendo o mais rápido Range Rover de todos os tempos, o veículo oferece uma experiência de condução inesquecível. A potência do veículo é refletida em detalhes do design, como as ponteiras quádruplas do escapamento e o aerofólio traseiro exclusivo.

2015 – Range Rover SVAutobiography

Ponto máximo de refinamento e sofisticação, o Range Rover SVAutobiography redefiniu a experiência do Range Rover. A atenção aos detalhes se mostra nos acabamentos de alumínio escovado e nos assentos executivos da cabine. No exterior, uma paleta de cores exclusiva garantia aos motoristas o máximo em luxo traduzido no Range Rover. A versão SVAutobiography Dynamic foi lançada logo depois, trazendo um design diferenciado e um potente motor V8 para refletir potência e agilidade na postura do veículo.

 

Screen Shot 2017-12-29 at 19.24.19

2015 – Range Rover Evoque Conversível

Primeiro Range Rover conversível da história, o Evoque Conversível combinou a renomada capacidade Land Rover com recursos atraentes tais como o teto retrátil, mantendo porém a robustez visual criada pelos designers da Land Rover. O resultado é que o primeiro SUV compacto premium do mundo é também o mais versátil SUV conversível 4×4 all-terrain.

Screen Shot 2017-12-29 at 19.24.27

O Range Rover Evoque Conversível foi o primeiro Range Rover do seu tipo

Do ultrassecreto conceito Velar até o primeiro Range Rover Evoque Conversível, a evolução da Range Rover é clara. Sem jamais comprometer a sua capacidade, o luxuoso SUV continua a definir as regras no design, na capacidade e no desempenho dos automóveis.

2017 – Apresentamos o Novo Range Rover Velar

Screen Shot 2017-12-29 at 19.24.34

Uma nova adição à família Range Rover é revelada. Com suas linhas limpas e atraentes e incorporando detalhes de design à frente de seu tempo, o Range Rover Velar promete oferecer um SUV com a mesma versatilidade à toda prova, o mesmo luxo e o mesmo requinte esperados em todos os nossos veículos.

Proprietários do novo Nissan LEAF no Japão terão painéis solares gratuitos

Novo Nissan  LEAF inaugura novo patamar no segmento de veículos
Nissan apresentou hoje a nova geração do LEAF, a evolução dos veiculos elétricos com emissão zero

Os proprietários do novo Nissan LEAF no Japão poderão instalar gratuitamente painéis solares em seus domicílios caso se inscrevam no plano oferecido pela Ecosystem Japan.

A oferta faz parte de uma campanha conjunta da Nissan e da Ecosystem Japan que pretende promover o uso deste tipo de energia para alimentar o veículo 100% elétrico mais vendido do mundo, o Nissan LEAF.

Os novos proprietários do Nissan LEAF que se inscrevem no plano “Jibun Denryoku” (“eletricidade pessoal”) serão qualificados para a instalação gratuita de um sistema de geração de energia solar. Eles também vão poder obter um desconto em um plano chamado “Daytime Assist Plan”. Os participantes serão encorajados a recarregar as baterias do Nissan LEAF durante o dia usando eletricidade de seus painéis solares ou à noite, quando a demanda por energia da grade é menor.

Revelada em setembro de 2017, a segunda geração do Nissan LEAF oferece aceleração poderosa, condução ágil e tecnologias avançadas, como a autônoma Nissan ProPILOT. O novo modelo é considerado um ícone da “Nissan Intelligent Mobility”, a visão da empresa para mudar a forma como os veículos são alimentados, conduzidos e integrados na sociedade.

*A campanha visa os clientes que vivem na região de Kanto e vai até o final de março de 2018. Para se qualificar, os proprietários do novo Nissan LEAF devem se inscrever no plano “Jibun Denryoku”, da Ecosystem Japan, e devem continuar nele por 20 anos. Quando o contrato expirar, a propriedade do sistema de geração de energia solar será transferida gratuitamente aos proprietários LEAF. A Ecosystem Japan acarará com os custos de instalação e manutenção dos painéis durante o período do contrato.

Lexus do Brasil lança NX 300 2018 com nova opção de entrada para o mercado nacional

2_nx_300_f_sport_lateral

A Lexus apresenta ao Brasil a linha NX 2018 sob a nova nomenclatura NX 300, em substituição a NX 200t, utilizada desde a chegada do modelo no País, no início de 2015. Com design aprimorado e tecnologia para um controle intuitivo, a família NX 300 chega ao mercado nacional com um novo integrante, a versão de entrada Dynamic, oferecida por R$ 215.800,00 com o objetivo de oferecer mais opções ao cliente Lexus e aumentar a competitividade do modelo no segmento de SUVs compactos de luxo. Outras duas configurações completam a gama NX 300: a versão Luxury, vendida por R$ 225.400,00 e a F-Sport, comercializada por R$ 246.000,00.

Para a concepção do NX 300 2018, os designers da Lexus aprimoraram a essência do modelo original ao fortalecer aspectos do estilo Urban Sport Gear do SUV, perseguindo uma impressão ousada, urbana e sofisticada.

A engenharia da marca, por sua vez, realizou ajustes para tornar ainda melhor a dirigibilidade e a eficiência de combustível.

A linha Lexus NX 300 2018 já está disponível nas concessionárias e pontos de vendas da marca, localizados nos grandes centros econômicos do País.

Design externo

Para destacar a arquitetura agressiva de design do novo NX 300, os para-choques foram redesenhados na linha 2018 para causar uma expressão de diamante esculpido ainda mais ousada. As extremidades do para-choque dianteiro se fundem à carroceria e acentuam a postura do veículo, enquanto as laterais conferem um visual musculoso ao NX 300, com vincos prolongados até a traseira, em um formato multidimensional.

Na área frontal, o novo e imponente formato da grade do tipo Spindle ressalta de forma intensa as linhas fortes que percorrem toda a carroceria do NX 300.

1_nx_300_f_sport

Nas versões Dynamic e Luxury, o design da grade dianteira oferece uma combinação fluída com as linhas do capô e portas da frente. Os traços da grade mudam de direção a partir do logo Lexus, proporcionando uma aparência elegante ao modelo. Novas entradas de ar nas laterais do para-choque contribuem para melhor estabilidade do SUV.

Para aumentar o apelo esportivo da configuração F-Sport, a nova grade dianteira dessa versão preenche amplamente a área frontal e possui acabamento de alto brilho em forma de colmeia (Mesh). No modelo 2018 do NX 300, ela é mais larga em direção à parte inferior do para-choque, enfatizando sua aparência mais baixa.

O conjunto óptico do NX 300 recebeu novo desenho para os faróis dianteiros e para as luzes traseiras de LED. Os faróis de neblina dianteiros, também em LED, foram redesenhados e ganharam luzes de curva, novo item de série disponível para todas as versões da linha 2018, desde a nova opção de entrada NX 300 Dynamic.

As novas luzes de freio do SUV acentuam a iluminação em formato de L, tornando mais evidente e dinâmica a assinatura da marca Lexus.

Os faróis estão mais compridos, avançando para o centro do porta-malas cerca de 70 mm, e para os lados em 15 mm.

Todas as versões do NX 300 2018 são equipadas com novas rodas de liga leve aro 18’’. Na opção de entrada Dynamic, as rodas possuem centro tridimensional com raios em forma de U, que refletem uma expressão forte e jovial. Na versão Luxury, o acabamento é brilhante com revestimento metálico escuro, enquanto as rodas da opção F-Sport possuem finalização de dois tons em preto e prata.

O Lexus NX 300 2018 tem as seguintes dimensões:

  • 4,64 m de comprimento
  • 1,845 m de largura
  • 1,645 m de altura
  • 2,660 m de entre-eixos

Design Interno

O interior do novo NX 300 foi aprimorado com o objetivo de elevar a concepção de inovação e funcionalidade a bordo e oferecer aos ocupantes a sensação fiel de Omotenashi, palavra japonesa que significa hospitalidade, para que o convidado sinta-se em sua própria casa.

Todo o trabalho de acabamentos exclusivos e personalizados contou com a qualidade artesanal característica dos Takumis, mestres artesãos da Lexus, que possuem especialização de décadas na produção dos veículos da marca.

usado para acesso às funções do sistema multimídia com o toque dos dedos, além de novos acabamentos para portas, painel e botões diversos de seleção e comando.

A versão F-Sport tem painel com ornamentações, costuras e perfurações exclusivas, bancos em formato esportivo, pedais de alumínio e emblema F-Sport no volante.

Na versão de entrada NX 300 Dynamic os acabamentos internos da cabine são em metal texturizado, enquanto a versão Luxury possui o fino acabamento interno em padrão madeira do tipo Shimamoku, com polimento à mão que garante brilho único. Já na configuração F-Sport, os detalhes são em alumínio e a finalização é feita com a técnica japonesa de corte denominada Naguri, capaz de expressar a exclusividade da Lexus com alto brilho e bordas salientes, resultando em uma impressão refinada e pura.

Novas Cores

A Lexus ampliou a oferta de cores para a linha NX 300 2018. Veja abaixo todas as opções de cores externas:

Já as cores internas são bege, preta e ocre nas versões Dynamic e Luxury. Na configuração F-Sport, as cores oferecidas para revestimentos dos bancos são branca, preta ou vermelha.

Mecânica, transmissão e performance

Todas as versões do NX 300 2018 são equipadas com tração integral e motor 2.0L a gasolina de 4 cilindros DOHC 16V Dual VVT turboalimentado com injeção direta, que entrega até 238 cv de potência e torque máximo de 35,7 kgfm. O modelo acelera de 0 a 100 km/h em 7,1 segundos e registra média de consumo de 8,3 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, de acordo com dados do INMETRO.

O novo NX 300 disponibiliza ao motorista a seleção de diferentes modos de condução entre Eco, Normal, Sport e Sport+, esta última disponível exclusivamente para a configuração F-Sport.

O novo NX 300 é equipado com direção eletroassistida progressiva (EPS) e transmissão automática de seis velocidades com modo sequencial e Super ECT. A troca de marchas também pode ser feita por meio dos paddle shifts, localizados no volante.

A transmissão, em conjunto com o motor, garante uma sensação única de direção por apresentar uma lógica de controle de torque por demanda, capaz de calcular a força necessária para potencializar uma rápida resposta de aceleração. Para melhor atender às características do motor turbo, a transmissão foi reajustada na linha 2018, contribuindo com uma melhor eficiência de combustível.

O NX 300 2018 chega com melhorias também em níveis de ruído e vibração na cabine devido a uma combinação de ajustes realizados pela engenharia Lexus na suspensão dianteira do tipo McPherson e traseira do tipo Double Wishbone. Aprimoramentos minuciosos foram feitos em buchas, molas e estabilizadores, contribuindo para uma excelente absorção de impacto e direção ainda mais agradável.

O sistema de suspensão adaptativo variável (AVS), disponível na versão NX 300 F-Sport, agora segue os mesmos moldes do avançado recurso encontrado no Lexus LC 500. Com até 650 diferentes níveis de absorção, este sistema é capaz de ajustar continuamente o controle de amortecimento em resposta à condução e às condições do solo.

Conforto e Conveniência

O Lexus NX 300 2018 proporciona aos ocupantes o conforto típico dos veículos da marca, fazendo da experiência a bordo um momento de prazer único com total comodidade.

Uma das novidades em termos de equipamentos que contribuem para tal percepção de conveniência no NX 300 2018 é a nova tela de LCD para o sistema multimídia exclusivo Lexus, com tamanho de 10.3” para as versões Luxury e F-Sport e 8’’ para a versão de entrada Dynamic.

O sistema multimídia Lexus, por sua vez, é compatível com TV digital (nas versões Luxury e F-Sport), rádio AM/FM, DVD player, CD-R/RW, MP3, WMA, sistema Bluetooth® com microfone e amplificador e câmera de ré com linhas guias.

O computador de bordo do Lexus NX 300 2018 possui as funções de consumo médio e instantâneo, autonomia, velocidade média, temperatura externa, indicador de marcha, pressão dos pneus, informações de áudio e, nas versões Luxury e F-Sport, navegação GPS. Na configuração F-Sport, o computador de bordo mostra também os medidores de aceleração da força G e da pressão do turbo, funções exclusivas dessa versão.

O condutor tem à disposição no painel as funções de acionamento do sistema de tração eletrônica por botão, hodômetro digital total e parcial e o indicador eco driving, que permite ao motorista avaliar se está dirigindo de uma forma eficiente. A versão F-Sport possui ainda a função de head-up display.

Todas as versões possuem ar condicional dual zone digital integrado, Smart Entry System e sistema de ignição simplificada, por meio do Start Button.

Todas as versões possuem banco do motorista e passageiro dianteiro com regulagem elétrica para ajuste de distância, inclinação e altura, sendo que os assentos dos condutores das versões Luxury e F-Sport contam também com ajuste para a lombar, capacidade de armazenamento de até três perfis e a função Return & Away, que desliza o banco para trás ou para frente automaticamente, facilitando a entrada e saída do veículo, se necessário.

Os bancos dianteiros das versões Luxury e F-Sport dispõem de sistema de aquecimento e ventilação. Na versão Luxury há também a função de aquecimento nos bancos traseiros.

Desde a versão de entrada Dynamic, o NX 300 2018 oferece volante multifuncional com controle de áudio, computador de bordo, telefone e controle de velocidade de cruzeiro.

A versão Luxury conta com teto solar elétrico equipado com sistema antiesmagamento e acionamento por um toque. Já a configuração F-Sport oferece teto solar panorâmico fixo.

O espelho retrovisor interno eletrocrômico é encontrado desde a versão de entrada do NX 300 2018. Já os retrovisores externos contam com regulagem elétrica, rebatimento automático, sistema de aquecimento e indicadores de direção. As funções antiofuscante, tilt down e memória estão habilitadas nas versões Luxury e F-Sport.

Limpador do para-brisa com temporizador de velocidade, desembaçador do vidro traseiro e sensor de chuva também estão presentes em toda a linha.

O porta-malas conta com iluminação interna, ganchos de fixação de bagagem e capa retrátil, sendo que nas versões Luxury e F-Sport o acionamento para a abertura e fechamento é elétrico.

GALERIA DE FOTOS:

 

 

RECALL: FCA convoca proprietários do Fiat Toro

A FCA – Fiat Chrysler Automóveis Brasil Ltda. convoca os proprietários dos veículos Fiat Toro, exclusivamente na versão de transmissão manual de seis marchas (MT6), com motorização a diesel, ano/modelo 2016 a 2018, para, a partir de 28/12/2017, agendarem o comparecimento a uma das concessionárias Fiat de sua preferência para que seja realizada gratuitamente a inspeção do sistema de regeneração de DPF (Filtro Particulado de Diesel).

Foi constatado que, em algumas unidades desta versão e somente sob determinadas condições de uso frequente em percursos curtos e a baixa velocidade, o sistema poderá apresentar alteração do nível do óleo lubrificante do motor. A variação anormal do nível de óleo pode causar a elevação da rotação do motor, aumentando as chances de acidentes, com consequentes riscos ao motorista, demais ocupantes do veículo e terceiros.

Os veículos envolvidos nesta campanha serão inspecionados quanto ao correto funcionamento do sistema e serão efetuadas a troca gratuita do óleo do motor e do filtro e a atualização da mensagem do quadro de instrumentos do veículo, para informar o condutor sobre a necessidade de completar o ciclo de regeneração do filtro de partículas DPF e a sua conclusão. Os consumidores também receberão cartilha suplementar ao manual do proprietário com instruções de uso e serão orientados. Adicionalmente, a Fiat concederá a extensão da garantia por mais um ano a todos os veículos envolvidos nesta campanha.

No total, há 9.603 veículos envolvidos nesta convocação, com os finais de números de chassis (não sequenciais) de A50484 a B73045. O tempo estimado para a execução dos serviços é de aproximadamente quatro horas.

Para consulta dos números dos chassis envolvidos e/ou mais informações, acesse o site http://www.fiat.com.br ou contate a Central de Serviços ao Cliente Fiat pelo telefone 0800 707 1000.

Com esta iniciativa, a FCA visa a assegurar a satisfação de seus clientes, garantindo a qualidade, a segurança e a confiabilidade dos veículos da marca Fiat.

VW do Brasil começa a exportar o Novo Polo

embarque4.jpg

O Novo Polo, mais recente lançamento da Volkswagen, já atravessa fronteiras e parte inicialmente para a Argentina, Chile e Paraguai. Os primeiros lotes do modelo produzido na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), acabam de ser embarcados rumo aos três países, onde serão oficialmente comercializados a partir de janeiro de 2018.

“O Novo Polo reforçará ainda mais o nosso portfólio de exportações, que já é bastante amplo e faz grande sucesso em vários países da Região América do Sul. Ao lado do Gol, up!, Saveiro e Voyage, o novo modelo irá nos ajudar a reforçar a nossa participação no mercado nessas regiões, atraindo novos consumidores”, diz Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América do Sul e Brasil.

O Novo Polo chega para atender a um cliente que busca, além de mobilidade, design, inovação e alta performance. O modelo tem três opções de motores e duas de transmissão. São quatro versões: Novo Polo, Novo Polo MSI, Novo Polo Comfortline 200 TSI e Novo Polo Highline 200 TSI.

Vocação para exportações

Nos onze primeiros meses de 2017, a Volkswagen do Brasil já contabiliza mais de 145 mil unidades exportadas, o que corresponde a um aumento de 53% em relação ao volume registrado no mesmo período de 2016. A Argentina é o mercado que mais recebe os modelos exportados pela Volkswagen do Brasil, com mais de 82 mil unidades em 2017. Maior exportadora histórica da indústria automotiva brasileira, a marca já exportou mais de 3,6 milhões de veículos desde 1970, quando iniciaram os embarques.

Exportação Volkswagen do Brasil (Jan-Nov 2017)
Total de exportações Volkswagen do Brasil 145.822 unidades
Gol 67.369 unidades
Saveiro 22.435 unidades
Voyage 21.919 unidades
up! 21.762 unidades

Toyota quer vender mais de 5,5 milhões de veículos eletrificados até 2030

prius_a.jpg

A Toyota Motor Corporation anuncia hoje seus planos de popularização de veículos eletrificados para a década de 2020-2030. A estratégia de veículos eletrificados da Toyota se concentra em uma aceleração considerável dos planos de desenvolvimento e lançamento de veículos híbridos elétricos (HEVs), híbridos plug-in elétricos (PHEVs), elétricos de bateria (BEVs) e veículos elétricos movidos a célula de combustível (FCEVs).

A Toyota tem trabalhado para criar carros e uma sociedade cada vez melhores, sempre contribuindo para uma sociedade sustentável e para a criação de uma mobilidade que proporcione sorrisos aos clientes da marca.

Desafios ambientais como o aquecimento global, a poluição do ar, a limitação dos recursos naturais e o fornecimento de energia são de fundamental importância para a Toyota.

O meio ambiente é um dos pilares da empresa no desenvolvimento de produtos, assim como segurança e emoção. Os veículos eletrificados, eficazes para o consumo econômico de combustível e a difusão do uso de combustíveis alternativos, são indispensáveis para solucionar problemas ambientais atuais.

Em outubro de 2015, a Toyota lançou o Desafio Ambiental Global 2050, que visa reduzir ao máximo o impacto negativo da fabricação e do uso de veículos, além de contribuir para a formação de uma sociedade sustentável. Entre os objetivos deste desafio, a Toyota pretende reduzir em 90% as emissões médias de CO2 originadas a partir de novos veículos no mundo, considerando os níveis de 2010. O anúncio de hoje é o pilar central de uma iniciativa de médio a longo prazo para concretizar esse desafio.

Eletrificação em toda a linha Toyota e Lexus

Até 2030, a Toyota pretende vender mais de 5,5 milhões de veículos eletrificados em todo o mundo, incluindo mais de 1 milhão de veículos de zero emissão (BEVs, FCEVs).

Além disso, até 2025 todos os modelos da linha Toyota e Lexus no mundo estarão disponíveis como veículos eletrificados ou terão a opção de eletrificação. Isso será feito por meio do aumento do número de modelos HEV, PHEV, BEV e FCEV e pela difusão da disponibilidade de opções HEV, PHEV e/ou BEV para todos os seus modelos.

Como resultado, o número de modelos desenvolvidos sem uma versão eletrificada será zero.

Veículos de Zero Emissão

No início dos anos 2020, a Toyota irá acelerar a popularização de veículos elétricos que utilizam bateria com mais de 10 modelos disponíveis no mundo, começando pela China, até chegar a outros mercados. Uma introdução gradual é esperada no Japão, na Índia, nos Estados Unidos e na Europa.

A linha FCEV será expandida para veículos comerciais e de passageiros nos anos 2020.

Veículos Híbridos Elétricos e Híbridos Plug-in Elétricos

O portfólio HEV também crescerá a partir do desenvolvimento do Toyota Hybrid System II (presente na geração atual do híbrido Prius), da introdução de uma versão mais moderna do sistema em alguns modelos e do desenvolvimento de sistemas híbridos mais simples em modelos selecionados, visando atender às diversas necessidades dos clientes.

A Toyota também visa expandir sua linha PHEV nos anos 2020. As baterias atuais de veículos eletrificados geralmente apresentam limitações relacionadas à densidade da energia, ao peso/tamanho e aos custos. A Toyota tem desenvolvido ativamente novas baterias e pretende comercializar a tecnologia no início da década de 2020.

Além disso, a Toyota e a Panasonic iniciarão um estudo de viabilidade de baterias automotivas com o objetivo de conceber a melhor opção para a indústria automotiva e contribuir definitivamente com a popularização dos veículos eletrificados da Toyota e de outras fabricantes de automóveis.

A Toyota visa também concentrar-se no desenvolvimento de uma infraestrutura social adequada para a adoção de veículos eletrificados. Isso inclui a criação de um sistema para tornar a reutilização e a reciclagem de baterias mais eficaz, auxílio para promover o uso de estações de recarga de veículos plug-in e o reabastecimento de hidrogênio por meio de uma cooperação e colaboração com autoridades públicas e empresas parceiras.

A Toyota tem sido líder na fabricação de veículos amigáveis ao meio ambiente. Isso fica evidente por meio da introdução, há 20 anos, do icônico Prius, bem como pelo lançamento do primeiro PHEV do mundo, o Prius PHV, em 2012. A segunda geração do Prius PHV, introduzida em 2017, aumentou ainda mais a autonomia do modo elétrico do veículo. Além disso, em 2014 a Toyota lançou o primeiro sedã com célula de combustível produzido em massa do mundo, o Mirai, que tem sido bem recebido pelos clientes no Japão, nos EUA e na Europa.

Por meio dessas atividades, as vendas de veículos eletrificados da Toyota atingiram mais de 11 milhões de unidades no mundo até hoje.

Novo Jeep Cherokee 2019

Introducing the new 2019 Jeep® Cherokee.  The most capable mid-

A  Jeep apresentou o Cherokee 2019 que será lançado oficialmente no Salão de Detroit.

O SUV mais capaz de sua categoria oferece um novo design, autêntico e mais premium, com opções de motorização ainda mais eficientes.

Imagens adicionais e a informação completa do veículo estarão disponíveis em 16 de janeiro, no Salão do Automóvel de Detroit, nos Estados Unidos.

 

Porsche 901 1964: Rarissimo modelo de 1964 é restaurado e está no museu da marca

04714f09-fb25-4d6d-a038-891ba685d96b_teaser_700x395x1_5

Pela primeira vez o Museu da Porsche na Alemanha vai contar com o 911 mais antigo já produzido, o coupe vermelho foi construído em outubro de 1964 como um dos primeiros modelos de produção em série que na época era conhecido como 901, mas que em seguida foi renomeado para 911 pois o 901 era um nome patenteado pela Peugeot.

Quase 50 anos depois da sua produção a Porsche encontrou esse modelo abandonado em um celeiro no interior da Alemanha e como era um modelo muito raro ela resolveu comprar e restaurar o modelo.

O modelo foi encontrado sem querer por uma equipe de TV alemã que procura por itens antigos e  colecionáveis e acabou encontrando dois 911 da década de 60. Depois de consultar a Porsche um dos modelos era de numero 300.057, um dos modelos da primeira fornada do 901 antes de se tornar 911, e esse era exatamente o modelo que faltava para a coleção da marca.

Com isso a Porsche comprou os dois modelos e restaurou o modelo de numero 57 e agora coloca em exposição no museu da marca.

Confira as fotos da restauração abaixo:

 

 

Panamera 4 E-Hybrid chega ao Brasil

PBR17_0100_fine

Ter um carro que combina design moderno com alto desempenho, e ainda mantem o conforto, baixo consumo de combustível e zero emissão de poluentes são ingredientes difíceis de encontrar. No entanto, a Porsche conseguiu reunir todos esses superlativos em um único carro – e que chega agora ao Brasil: Porsche Panamera 4 E-Hybrid.

Equipado com dois motores, um a combustão e outro elétrico, o Panamera 4 E-Hybrid entrega até 462 cavalos de potência de forma combinada para o condutor que, além da potência, dispõe de uma suspensão a ar adaptável com amortecedores pneumáticos e ajustáveis (Porsche Active Suspension Management, PASM), tração integral ativa com embreagem multidisco regulada eletronicamente e sistema de transmissão Porsche Doppelkupplung (PDK) de 8 marchas.

Motores e Transmissão

O motor a combustão que equipa o Porsche Panamera 4 E-Hybrid é um V6 biturbo de 2,9l, 4 válvulas por cilindro e que entrega 330 cv de potência entre 5.250 – 6.500 rpm. O torque máximo de 450 Nm aparece a baixos 1.750 rpm e vai até bons 5.000 rpm, mostrando ser um motor muito potente e elástico.

Por ser um híbrido, o carro possui um motor elétrico de 136 cv que gera 400 Nm de torque. Juntos, em modo combinado, geram 462 cv a 6.000 rpm e 700 Nm de torque entre 1.100 – 4.500.

Em parceria com a tração integral e o câmbio PDK de dupla embreagem e oito velocidades, o Panamera 4 E-Hybrid acelera de 0 a 100 km/h em 4s6 e atinge a velocidade máxima de 278 km/h.

É possível fazer deslocamentos somente com o motor elétrico. Sem emitir uma grama de CO2, percorre-se até 50 quilômetros de distância a uma velocidade máxima de 140 km/h.

Bateria e Recarga

O sistema elétrico do Panamera 4 E-Hybrid pode ser recarregado de algumas formas: pelo próprio carro, em desacelerações e frenagens, ou pela tomada elétrica convencional.

O veículo é comercializado com um carregador universal com potência de 3,6 kWh. Em uma tomada doméstica 220V com 20 amperes (A), a bateria será recarregada em um intervalo entre 4 e 8 horas.

Opcionalmente, o cliente poderá adquirir um carregador com potência de 7,2 kWh. Ao utilizar este carregador com um plug de tomada industrial de 5 pinos (incluso sem custo adicional), a bateria poderá ser carregada em apenas 2 horas.
O Panamera 4 E-Hybrid ainda conta com um equipamento de série que faz a climatização do carro, resfriando ou aquecendo o interior do veículo durante o carregamento.

No Panamera 4 E-Hybrid, o pacote Sport Chrono está incluído nos equipamentos de série. Dentre os diferentes tipos de condução, estão incluídos modos “Sport” e “Sport Plus”, conhecidos dos outros modelos Panamera com pacote Sport Chrono. Os modos “E-Power”, “Hybrid Auto”, “E-Hold” e “E-Charge” são específicos do Hybrid.

Caso haja carga na bateria, a partida do Panamera 4 E-Hybid será sempre dada no modo puramente elétrico “E-Power. O “Hybrid Auto” é um modo de direção totalmente novo. Aqui, o Panamera alterna e combina automaticamente as fontes de propulsão.

O modo “E-Hold” possibilita a manutenção intencional do estado de carregamento atual da bateria para que seja possível, por exemplo, dirigir no destino em uma zona ambiental de tráfego limitado de modo elétrico e, portanto, sem emissões. No modo “E-Charge”, ela é abastecida pelo motor V6; para isso, o motor a gasolina gera uma potência mais alta do que a efetivamente necessária para a direção.

O mais alto nível de performance da propulsão é disponibilizado nos modos “Sport” e “Sport Plus”. Nestes, o biturbo V6 permanece continuamente ativo. No modo “Sport”, a carga da bateria é continuamente mantida em um nível mínimo, para disponibilizar reservas suficientes para E-Boost. No modo “Sport Plus”, a performance máxima está em primeiro plano. Neste modo o Panamera atinge também a velocidade máxima e a bateria é recarregada o mais rápido possível com o auxílio do biturbo V6.

Porsche Advanced Cockpit

Um destaque do Panamera da segunda geração é o novo conceito de display e de operação: o Porsche Advanced Cockpit de série, com painéis sensíveis ao toque e displays configuráveis individualmente. Dois displays de sete polegadas que emolduram o tacômetro analógico compõem o cockpit interativo. O Panamera 4 E-Hybrid diferencia-se das outras versões da linha pelo Power Meter, destinado especificamente para a operação híbrida.

Uma tela touch de 12,3 polegadas atua como elemento central de operação e de display do PCM; no caso específico do Hybrid, é possível acessar as mais variadas informações aqui e no painel de instrumentos. Igualmente relevantes para a operação quanto informativos: o Assistente de Boost e o Assistente Hybrid mostram a energia disponível para fazer “boost” e ajudam na dosagem da potência da propulsão elétrica.

Preços


• Panamera 4 E-Hybrid R$ 529.000,00
• Panamera 4 E-Hybrid Sport Turismo R$ 542.000,00
• Panamera 4 E-Hybrid Executive R$ 554.000,00
• Panamera Turbo S E-Hybrid R$ 1.233.000,00
• Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo R$ 1.212.000,00
• Panamera Turbo S E-Hybrid Executive R$ 1.242.000,00

GALERIA DE FOTOS: