LA Auto Show: MINI Electric Concept

CONFIRA A COBERTURA COMPLETA AQUI À PARTIR DO DIA 29/11 E NA PROXIMA SEMANA EM NOSSO CANAL DO YOUTUBE COM VIDEOS EXCLUSIVOS FEITOS DIRETAMENTE DO SALÃO NO LINK ABAIXO: http://www.youtube.com/infoautoblog  

P90274832_highRes

A participação da MINI no Salão do Automóvel de Los Angeles, a ser realizado entre os dias 1º e 10 de dezembro,  se concentrará na diversidade de sua gama atual de modelos, bem como na sua visão de futuro voltada para uma condução divertida, um dos aspectos tradicionais da marca britânica.

O destaque ficará por conta do MINI Electric Concept, que faz sua estreia nos EUA. O veículo conceito é precursor da mobilidade livre de emissões, e no melhor estilo MINI.

A sensação ‘go-kart-feeling’, típica de um MINI, assume um nível totalmente novo graças ao conjunto motriz puramente elétrico.

Originalmente produzido como uma série limitada em 600 unidades, para testes reais das situações diárias de mobilidade, o MINI Electric Concept incorpora o conhecimento adquirido no desenvolvimento de veículos elétricos do BMW Group – entre eles o compacto premium elétrico i3.

GALERIA DE FOTOS:

 

LA Auto Show: Novo BMW i8 Roadster

CONFIRA A COBERTURA COMPLETA AQUI À PARTIR DO DIA 29/11 E NA PROXIMA SEMANA EM NOSSO CANAL DO YOUTUBE COM VIDEOS EXCLUSIVOS FEITOS DIRETAMENTE DO SALÃO NO LINK ABAIXO: http://www.youtube.com/ infoautoblog 

P90285396_highRes

A BMW aplicou atualizações no esportivo híbrido i8 e aproveitou para apresentar a versão roadster.

O BMW i8, o esportivo híbrido plug-in de maior sucesso no mundo, acaba de ganhar uma versão roadster, conversível, que será apresentada oficialmente no mês que vem, durante o Salão do Automóvel de Los Angeles, nos Estados Unidos, e seu lançamento global confirmado para maio de 2018.
Tanto o BMW i8 Coupé quanto o i8 Roadster são equipados com a tecnologia BMW eDrive, que agrega um motor elétrico capaz de entregar o equivalente a 143 cv de potência e 250 Nm de torque, e funciona de forma sincronizada a um motor a combustão, de três cilindros, de 1.499 cm³, movido a gasolina, e dotado de tecnologia BMW TwinPower Turbo, apto a gerar 231 cv e 320 Nm.
O motor elétrico é responsável por impulsionar as rodas dianteiras, enquanto o outro motor movimenta as rodas traseiras. A velocidade máxima é de 250 km/h. Já a aceleração de 0 a 100 km/h da nova variante é feita em 4,6 segundos – 0,2 s a mais que o Coupé. Assim como o i8 primogênito, a versão conversível traz portas estilo asa de gaivota, faróis de LED, design aerodinâmico e novos bancos esportivos.
O teto retrátil pode ser estendido ou recolhido em 15 s, a velocidades menores que 50 km/h. Entre os itens opcionais destacam-se revestimentos internos de fibra de carbono e cerâmica, head-up display, com luz indicadora para troca de marchas (shift-light), e rodas de 20 polegadas.

 

GALERIA DE FOTOS:

Nissan LEAF NISMO Concept será apresentado no Salão de Tóquio 2017

2017 Tokyo Motor Show overview

A Nissan mostrará uma série de carros-conceito e veículos de produção que empolgarão o público no Salão de Tóquio, de 2017, dando aos visitantes do estante um vislumbre das inovações mais recentes e futuras da empresa.

A principal atração será um conceito inédito que incorpora o futuro do “Nissan Intelligent Mobility”. Além dele, a marca mostrará pela primeira vez o Nissan LEAF NISMO Concept, versão esportiva da nova geração do elétrico mais vendido do mundo.

Lançado em setembro, o novo Nissan LEAF vem com a última tecnologia de condução autônoma ProPILOT, da Nissan. Também inclui o ProPILOT Park, a primeira tecnologia embarcada em um modelo japonês que ajuda motoristas a estacionar com o veículo controlando automaticamente o acelerador, freios, direção, mudança de marcha e freio de estacionamento. Outra característica do novo Nissan LEAF é o e-Pedal, que permite que o motorista dê a partida no motor, acelere, desacelere, pare e mantenha o carro usando apenas o pedal do acelerador.

A versão NISMO Concept do novo Nissan LEAF tem um design novo e esportivo criado pela empresa de esportes motores e divisão interna de tuning da Nissan. A aplicação da tecnologia de corrida da NISMO à carroceria resulta em melhor desempenho aerodinâmico e menor elevação, sem sacrificar o excelente coeficiente de arrasto do Nissan LEAF. O interior preto possui os assentos vermelhos da NISMO, criando uma sensação de emoção e alto desempenho.

Na estrada, o conceito Nissan LEAF NISMO Concept oferece uma condução verdadeiramente empolgante, graças a uma suspensão esportiva e aos pneus de alta performance, sem mencionar o computador customizado que oferece aceleração instantânea em todas as velocidades. O conceito Nissan LEAF NISMO combina o caráter ecológico de um carro elétrico com a emocionante experiência de condução que sempre foi uma característica da marca NISMO.

GALERIA DE FOTOS:

GM anuncia caminho para eletrificação total e zero emissões.

GM-All-Electric-Path-To-Zero-Emissions.jpg

A General Motors anunciou hoje como está executando em um importante passo para a sua visão de um mundo com zero acidentes, zero emissões e zero congestionamento, anunciado recentemente pela presidente e CEO da GM, Mary Barra.

“A General Motors acredita em um futuro totalmente elétrico”, disse Mark Reuss, vice-presidente executivo de Desenvolvimento de Produto, Compras e Cadeia de Fornecedores da General Motors. “Embora esse futuro não aconteça imediatamente, a GM está empenhada em promover um maior uso e aceitação de veículos elétricos através de soluções que atendam às necessidades de nossos clientes”.

Nos próximos 18 meses, a GM apresentará dois novos veículos totalmente elétricos baseados no aprendizado com o Chevrolet Bolt EV. Eles serão os primeiros de pelo menos 20 novos veículos totalmente elétricos que serão lançados até 2023.

Dadas as diversas necessidades dos clientes, chegar a um futuro de zero emissões exigirá mais do que apenas tecnologia de bateria elétrica. Exigirá uma abordagem em duas vertentes para a eletrificação: bateria elétrica e célula elétrica de combustível hidrogênio, dependendo das necessidades de cada um.

A GM também apresentou o SURUS – Silent Utility Rover Universal Superstructure – um veículo conceito com quatro rodas movidas a célula de combustível em uma carroceria de caminhão pesado, conduzido por dois motores elétricos. Com sua capacidade e arquitetura flexível, SURUS poderia ser usado como um veículo de entrega, caminhão ou mesmo uma ambulância – tudo com zero emissões.

Porsche Panamera Sport Turismo passa a ser um híbrido plug-in e será vendido no Brasil no começo de 2018

Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo

A Porsche está expandindo sua linha híbrida com a inclusão de um potente híbrido plug-in à linha de modelos Panamera Sport Turismo. O novo modelo topo de linha Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo vai combinar um motor V8 de quatro litros com um motor elétrico, resultando numa potência de sistema de 680 cv (500 kW).

Apenas um pouco acima da marcha lenta, o veículo já oferece 850 Nm de torque. Isto faz com que ele acelere de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos e alcance uma velocidade máxima de 310km/h.

O Sport Turismo mais potente tem autonomia de até 49 quilômetros utilizando apenas energia elétrica e, consequentemente, produção zero de emissões.

Não é apenas o equilíbrio entre o desempenho e a eficiência que torna o Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo único em seu segmento: seu conceito de espaço interno, incluindo uma grande tampa de porta-malas, soleira de carga baixa, maior volume do compartimento de bagagem e uma configuração de assentos 4+1 mostram que o carro de topo dessa linha de modelos oferece um alto padrão de praticidade para o uso diário.

A Porsche combina um desenho único e excelente praticidade para o dia-a-dia com máxima performance e eficiência.

Zero a 100 km/h em 3,4 segundos e consumo de combustível de 3,0 litros/100 km

Assim como o modelo de topo do Panamera (sedã), a Porsche agora também está demonstrando o impressionante potencial de desempenho da tecnologia híbrida com o Sport Turismo.

A estratégia de propulsão usada no modelo de produção Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo com tração nas quatro rodas foi tirada do superesportivo Porsche 918 Spyder. Já a 1.400 rpm, o V8 biturbo 550 cv (404 kW) e o motor elétrico 136 cv (100 kW) disponibilizam o torque máximo do sistema, que é de 850 Nm.

O desacoplador integrado ao módulo híbrido é acionado eletromecanicamente através de um Atuador Elétrico de Embreagem. Isto resulta em tempos de resposta mais curtos e em alto nível de conforto.

O rápido câmbio Porsche Doppelkupplung (PDK) de dupla embreagem com oito marchas é usado para transmitir a força para o sistema adaptativo de tração integral de série (Porsche Traction Management – PTM).

A propulsão E-performance permite que o veículo vá de zero a 100 km/h em 3,4 segundos e somente são precisos mais 8,5 segundos para alcançar a marca de 200 km/h. A velocidade máxima é 310 km/h.

Apesar desse nível de desempenho, o modelo hibrido plug-in também é extremamente eficiente. O Turbo S E-Hybrid Sport Turismo tem autonomia de até 49 quilômetros e velocidade máxima de 140 km/h quando é utilizado apenas com energia elétrica, sem absolutamente nenhuma emissão local.

A bateria de íons de lítio tem conteúdo energético de 14,1 kWh e pode ser carregada entre 2,4 e 6 horas, dependendo do carregador e da conexão à rede elétrica.

Design único, defletor de teto adaptativo, configuração de assentos 4+1

O Turbo S E-Hybrid Sport Turismo oferece todas as inovações da segunda geração do Panamera.

Elas incluem o Porsche Advanced Cockpit digitalizado, sistemas de assistência de vanguarda como o Porsche InnoDrive incluindo controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e eixo traseiro esterçante optativo.

Outra entre essas inovações é o defletor de teto, que é único no segmento, cuja inclinação é posicionada em um de três ângulos diferentes dependendo da situação de condução e das regulagens do veículo selecionadas.

Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo

 

Ele também gera uma carga aerodinâmica de até 50 quilos sobre o eixo traseiro. Até a velocidade de 170 km/h, o elemento aerodinâmico – um componente do sistema central do Porsche Active Aerodynamics (PAA) – se mantém retraído num ângulo de sete graus negativos que acompanha a inclinação da linha do teto, que desce no sentido da traseira. Acima de 170 km/h, o defletor de teto se movimenta automaticamente para sua posição de performance, com um ângulo de um grau positivo, aumentando assim a estabilidade de condução e a dinâmica lateral. Quando são selecionados os modos Sport e Sport Plus, o defletor de teto assume automaticamente a posição de performance em velocidades acima de 90 km/h.

O PAA também proporciona assistência ativa adaptando o ângulo de inclinação do defletor de teto a até 26 graus positivos quando o teto solar panorâmico é aberto em velocidades acima de 90 km/h, para compensar a turbulência que é criada.

Conceitualmente, o modelo topo de linha proporciona todas as vantagens da nova gama Sport Turismo, resultantes do design de ponta.

A linha de teto do Sport Turismo, que é mais elevada em comparação com o sedã esportivo, proporciona fácil entrada e saída para os passageiros de trás e garante maior espaço para a cabeça. A praticidade do compartimento de bagagem é beneficiada ainda mais pela ampla tampa do bagageiro, que tem operação elétrica de série e borda inferior com apenas 628 milímetros de altura.

O Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo é também equipado com três assentos traseiros. Os dois bancos de fora têm formato de assentos individuais – mantendo a coerência com a determinação de desempenho esportivo da linha de modelos, combinada ao máximo conforto para os passageiros – criando assim uma configuração 2+1 na parte traseira.

Dois bancos traseiros com ajustes elétricos podem ser pedidos como opção. Utilizando o bagageiro até a altura superior dos bancos traseiros, o Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo disponibiliza 425 litros de espaço de carga. Os encostos dos três assentos traseiros podem ser dobrados juntos ou individualmente (na proporção 40:20:40) e são destravados eletricamente de dentro do compartimento de bagagem. Nesse caso, o volume de carga aumenta para até 1.295 litros.

Amplo equipamento de série, incluindo freios de cerâmica

O Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo está disponível para encomendas a partir de agora, na Alemanha, com preços iniciando em EUR 188.592, com imposto de valor adicionado (VAT) incluído.

O equipamento de série é amplo: Ele vem equipado de série, por exemplo, com a estabilização elétrica de rolagem Porsche Dynamic Chassis Control (PDCC Sport) incluindo o travamento do diferencial traseiro Porsche Torque Vectoring Plus, o sistema de frenagem de alto desempenho Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB), rodas de liga de 21 polegadas com design 911 turbo, Power Steering Plus (assistência de direção), o pacote Sport Chrono e ar-condicionado auxiliar.

Como todos os modelos Panamera Sport Turismo com mais de 440 cv (324 kW) de potência, o novo modelo topo de linha também tem suspensão adaptativa pneumática de três câmaras incluindo o Porsche Active Suspension Management (PASM – gerenciamento ativo da suspensão) para uma ampla cobertura que vai de um alto nível de comportamento dinâmico ao maior conforto de rodagem.

O Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo será oferecido no mercado brasileiro no 1º semestre de 2018. Preços e configurações ainda estão em definição

GALERIA DE FOTOS:

Honda apresenta o sistema de energia inteligente Power Manager Concept

Honda to present Power Manager Concept smart energy system at Frankfurt

A Honda apresenta, durante o Salão do Automóvel de Frankfurt 2017, a novidade Power Manager Concept (Conceito Gerenciador de Energia), um sistema de transferência de energia totalmente integrado.

O sistema foi projetado para incorporar veículos elétricos a uma rede inteligente de fornecimento de energia elétrica. Ele possibilita a coleta e distribuição de eletricidade entre rede de fornecimento, residências, empresas e veículos elétricos para equilibrar, de maneira inteligente, a demanda e o armazenamento eficiente de energia. A Honda irá aplicar a tecnologia do Power Manager como parte de um projeto piloto de rede inteligente no oeste da França.

Equilíbrio do fornecimento, armazenamento e demanda da energia elétrica

O Power Manager trabalha agregando e distribuindo energia da rede, residências e empresas equipadas com painéis solares e veículos elétricos.

A eletricidade é recebida no sistema a partir da rede de fornecimento ou gerada pelos painéis solares e pode ser usada para alimentar ou aquecer estabelecimentos, bem como carregar os veículos elétricos. Enquanto o veículo estiver plugado, a energia pode ser armazenada e usada na residência ou vendida de volta à rede, gerando, potencialmente,  valor aos proprietários.

O sistema Power Manager pode ajudar a beneficiar a rede em momentos de baixo ou alto fornecimento, e também representar uma oportunidade de receita para proprietários de veículos elétricos.

 

Projeto-piloto de rede inteligente na França

A Honda Motor Europa irá fornecer unidades do Power Manager para o projeto SMILE (Ideias Inteligentes para Conectar Energias) num programa-piloto de rede inteligente.

O projeto irá usar painéis solares e unidades do Power Manager para criar uma rede inteligente de energia, onde a energia pode ser utilizada para carregar veículos elétricos, alimentar estabelecimentos ou mesmo devolver eletricidade à rede quando requerido.

O projeto SMILE, apoiado pelo governo francês, está interligando 17 projetos com o objetivo de criar uma rede inteligente de energia no oeste da França até 2020.

O desenvolvimento do Power Manager sublinha o compromisso da Honda e sua ambição no campo da eletrificação.

Power Manager (1)

IAA 2017: VW mostra o conceito I.D. CROZZ II para ampliar a Família I.D.

DB2017AU01347_large.jpg
Da esq. para a direita: I.D., I.D. BUZZ e I.D. CROZZ

Família I.D.

A futura linha de emissão zero da Volkswagen

Família I.D. usa nova arquitetura totalmente elétrica e DNA de design compartilhado:
Nova arquitetura totalmente elétrica é a base da Família I.D.

Três modelos vão iniciar a Família I.D.:
O I.D., I.D. CROZZ e I.D. BUZZ com autonomia de 500 a 600 km.

I.D. é o primeiro Volkswagen compacto baseado na nova arquitetura totalmente elétrica:
Carro compacto será lançado como hatchback na primavera de 2020.

I.D. CROZZ é um SUV e cupê crossover:
Avançado SUV entrará em produção em 2020.

I.D. BUZZ é a primeira van com emissão zero e condução autônoma:
A partir de 2022, essa van multiuso vai fazer história.

I.D. para 2020

O próximo carro compacto da Volkswagen com emissão zero

Estreia do carro conceito no Salão do Automóvel de Paris:
A Volkswagen apresentou o conceito I.D. pela primeira vez no final de 2016.

Tração traseira com motor no eixo traseiro:
Motor elétrico tem potência de 125 kW; autonomia de até 600 km.

Conceito interior ‘Open Space’:
Uma nova experiência espacial com sensação de sala de estar.

Duas séries de modelos compactos da Volkswagen serão lançadas em 2020:
O I.D. será lançado em paralelo com o best-seller global Golf.

Uma visão concreta da condução totalmente automatizada:
A partir de 2025, o I.D. poderá rodar autonomamente no modo ‘I.D. Pilot’.

I.D. CROZZ para 2020

O SUV com emissão zero da Volkswagen

Estreia do carro conceito no Salão de Xangai:
A Volkswagen apresentou o I.D. CROZZ pela primeira vez em abril de 2017.

Estreia da nova versão em Frankfurt:
O I.D. CROZZ II permite uma antevisão de um modelo de produção em setembro de 2017.

Autonomia semelhante à de um potente carro a gasolina:
225 kW de potência com dois motores; autonomia de até 500 km.

Melhor atmosfera no interior do que do lado de fora com o sistema CleanAir:
Sistema de ventilação garante a melhor qualidade de ar a bordo.

4MOTION de próxima geração:
Tração integral 4MOTION com ‘cardã elétrico’.

I.D. BUZZ para 2022

Van com emissão zero da Volkswagen e Volkswagen Commercial Vehicles

Estreia do carro conceito no Salão de Detroit:
A Volkswagen apresentou o conceito I.D. BUZZ pela primeira vez em janeiro de 2017.

Ícone de uma nova era:
O I.D. BUZZ leva a legendária aura da Kombi para o futuro.

Capaz de cobrir distâncias comparáveis às dos atuais carros a gasolina:
275 kW de potência e autonomia de até 600 km.

Dois compartimentos de bagagem para máxima flexibilidade:
O I.D. BUZZ é uma maravilha em termos de espaço, com até oito lugares.

Tração para todos os tipos de terreno graças ao 4MOTION:
Tração integral elétrica com dois motores e ‘cardã elétrico’.

Wolfsburg / Frankfurt, setembro de 2017. A contagem regressiva para um marco da mobilidade elétrica já começou. O ano de 2020 será um ponto de virada. A Volkswagen está avançando nessa nova era com o desenvolvimento de uma inédita geração de veículos elétricos inovadores: a desbravadora Família I.D. Mais datas para o lançamento de novos veículos da Volkswagen com emissão zero estão sendo anunciadas. Tudo começará em 2020, com o compacto e visionário I.D. – um modelo de quatro portas com uma grande tampa de porta-malas. A data para o membro seguinte da Família I.D. também foi confirmada: o I.D. CROZZ – um SUV livre de emissões com tração integral – também será lançado em 2020.

Como surpresa, a Volkswagen está apresentando uma versão mais avançada e visualmente impactante desse modelo conceito no Salão de Frankfurt 2017: o I.D. CROZZ II. Em agosto passado, a Volkswagen e a Volkswagen Commercial Vehicles anunciaram em Pebble Beach, na Califórnia, que a van com emissão zero I.D. BUZZ – uma reinterpretação da legendária Kombi – será lançada em 2022.

Nova arquitetura totalmente elétrica como plataforma comum. Todos os veículos-conceito I.D. compartilham a nova arquitetura totalmente elétrica – desenvolvida como arquitetura comum – e o DNA de design exclusivo para mobilidade elétrica. Outras características compartilhadas incluem autonomia entre 500 e 600 quilômetros com emissão zero, um conceito espacial de sala de estar (‘Open Space’), a digitalização de todos os mostradores e controles e a integração de um modo de condução automatizada (‘I.D. Pilot’) opcional.

Em 2025, um milhão de modelos I.D. por ano. A Volkswagen AG irá lançar mais de 30 novos modelos elétricos de todo o grupo até 2025. Os modelos da marca Volkswagen – I.D., I.D. BUZZ e I.D. CROZZ – são três dos mais importantes modelos de alto volume desta iniciativa de mobilidade elétrica. Segundo o Dr. Herbert Diess, presidente do Conselho de Administração da Marca Volkswagen:  “Já em 2020, o primeiro ano de nossa iniciativa de mobilidade elétrica, queremos vender 100 mil carros elétricos da Volkswagen. Mas, na realidade, isso é só o começo. Pelas nossas previsões, até 2025 as vendas anuais de modelos I.D. poderão ter crescido dez vezes, chegando a um milhão de veículos.”

Coexistência de sistemas de propulsão. “Antes e simultaneamente com nossa iniciativa de mobilidade elétrica, a infraestrutura global de carga precisa ser ampliada ainda mais. Isso porque o carro elétrico irá rapidamente ganhar impulso no começo da próxima década”, afirma o Dr. Herbert Diess. Ele salienta que os futuros veículos com emissão zero irão expandir a linha de modelos e não substituirão nenhuma série de modelos oferecida atualmente: “Teremos uma longa fase de transição, durante a qual uma grande variedade de sistemas de propulsão irá coexistir. Juntamente com os veículos totalmente elétricos, isso inclui nossos sistemas híbridos, a gasolina, diesel e gás natural cada vez mais eficientes.”

Lançamentos I.D. ao redor do mundo. Desde 2016, a Volkswagen tem mostrado como os motoristas podem antever a nova geração de veículos com emissão zero. O primeiro carro conceito da Família I.D., o compacto I.D., foi apresentado no final de 2016 no Salão Internacional do Automóvel de Paris. No início de 2017, carro conceito I.D. BUZZ teve sua estreia no Salão de Detroit. Em meados de agosto, a Volkswagen e a Volkswagen Commercial Vehicles apresentaram a Kombi da nova era, completa e com equipamento de surfe no teto, no Concours d’Elegance de Pebble Beach, na Califórnia. O terceiro modelo I.D. foi apresentado pela Volkswagen em Xangai, em abril de 2017: o I.D. CROZZ, um SUV conceitual. Agora, com a apresentação mundial do I.D. CROZZ II, chega uma versão ainda mais definida do veículo utilitário esportivo da Volkswagen.

I.D. CROZZ II – apresentação do SUV conceito no Salão de Frankfurt

Exterior e interior ainda mais evoluídos. O I.D. CROZZ II, apresentado no Salão Internacional de Frankfurt, é uma versão ainda mais desenvolvida do SUV. Os desenhos das seções dianteira e traseira do carro conceito, pintado na cor ‘Vermelho Hibisco Metálico’, mostra mais claramente o caminho para o veículo de produção.  Essas modificações deram ao I.D. CROZZ II uma personalidade SUV ainda mais pronunciada. As novas rodas de liga de 21 polegadas, com seus cinco elementos diferenciados em alumínio de alto brilho, se enquadram nessa imagem. Também mais claramente focado na produção está o design ainda mais impactante dos faróis de LED, que cria o efeito de olhos interativos com suas muitas pequenas facetas e coloca o I.D. CROZZ II em marcha com um design luminoso inconfundível.

Nova interação por voz. Além disso, o I.D. CROZZ II é equipado com um novo tipo de funcionalidade por interação vocal. As portas, por exemplo, podem ser abertas ou fechadas por comando de voz. Da mesma forma, o motorista pode usar um comando vocal para ativar ou desativar o modo ‘I.D. Pilot’ totalmente automatizado. O interior ‘Open Space’ também foi remobiliado e ainda mais desenvolvido com seus quatro bancos individuais forrados de Alcantara e um painel de instrumentos modificado.

Tração integral 4MOTION com ‘cardã elétrico’. O I.D. CROZZ II foi projetado como um veículo interativo e esportivo para todo lugar com emissão zero – com propulsão elétrica integral 4MOTION que impressiona igualmente tanto no ambiente urbano como em trilhas não pavimentadas e em severas condições climáticas. Os eixos traseiro e dianteiro têm, cada um, um motor elétrico. A distribuição de torque da tração integral 4MOTION é controlada por um ‘cardã elétrico’. A autonomia do SUV – que tem potência de 225 kW (potência do sistema, equivalente a 306 cv) e velocidade máxima de 180 km/h – será de até 500 quilômetros (NEDC) com uma carga da bateria. Em estações de carga utilizando um sistema de carga rápida com 150 kW (corrente contínua), a bateria de alto desempenho é recarregada até 80% de sua capacidade energética em 30 minutos.

GALERIA DE FOTOS:

IAA 2017: Mercedes-AMG Project ONE

 

A Mercedes-AMG apresentou o Project One, coupé que apresentará ao público no Salão de Frankfurt, que abrirá amanhã as suas portas à imprensa. O supercarro de dois lugares incorpora uma versão modificada do sistema propulsor utilizado no carro de Fórmula 1, formado por um 1.6 V6 turbo (com quatro válvulas por cilindro) com mais de 680 cv às 11 000 rpm, que funciona em conjunto com quatro motores elétricos, além de uma nova caixa sequencial de oito velocidades AMG Speedshift (dotada de um sistema hidráulico e com patilhas no volante).

Com mais de 1000 cv, este modelo com chassis e carroçeria em fibra de carbono tem uma aceleração de 0 a 200 km/h em seis segundos e uma velocidade máxima superior a 350 km/h. Tudo funciona através de um sistema elétrico de 800 volts.

O Project One conta com quatro motores elétricos (com 163 cv cada às 50 000 rpm) posicionados nas rodas dianteiras, o que lhe permite ter tração integral, outro ligado ao turbo e outro a transmissão. A bateria de ions de lítio está posicionada debaixo da carroçeria, garantindo uma autonomia em modo elétrico de 25 km em tração dianteira.

A bateria recarrega através da energia cinética obtida em frenagem e em “coasting”.

O chassis é também inspirado no modelo de competição, com um sistema multibraços “push-rod” ajustável à frente e atrás.

Possui de série rodas de 19 polegadas à frente e de 20 atrás, com pneus de perfil 285/35 e 335/30, respetivamente.

Em termos visuais, o Project One destaca-se pela enorme asa traseira e entradas de ar , e por dentro, tem um aspecto funcional, com vários elementos alusivos ao modelo de competição.

Inclui um novo volante com iluminação em LED que assinala as rotações, contemplando botões de seleção de modos de condução individuais e afinações da suspensão. A instrumentação é digital e substitui os espelhos retrovisores tradicionais, fornecendo imagens recolhidas por câmaras em tempo real.

Tal como nos restantes AMG, este concept recebe controle de estabilidade com três modos (ESP On, Sport Handling Mode e Off). Possui freios de carbono e cerâmica  e pinças especialmente desenvolvidas pela AMG.

Contudo, o modelo final será muito semelhante a este protótipo, e é estimado mais um ano e meio de desenvolvimento antes do lançamento.

A produção deste Project One será limitada a 275 unidades, sendo que o preço deverá ser em torno dos 2,27 milhões de euros.

GALERIA DE FOTOS:

IAA 2017: Honda revelará protótipo da CR-V Híbrida

Honda to unveil CR-V Hybrid Prototype at Frankfurt Motor Show

A Honda irá revelar o CR-V Hybrid Prototype no Salão Automóvel de Frankfurt de 2017, antevendo a sua estreia num SUV com motorização elétrica, disponível na Europa. O Protótipo Híbrido também revelará um renovado design, que deixa antever a próxima geração europeia da gama Honda CR-V.

A estreia em Frankfurt do Honda CR-V Hybrid Prototype representa a primeira vez que o novo modelo será exibido num salão automóvel europeu. O novo modelo mantém a silhueta já familiar do SUV mais vendido do mundo, com um design evolutivo, sofisticado e ao mesmo tempo desportivo. Mais largo, mais alto e mais comprido do que a versão anterior, o Protótipo Híbrido do Novo Honda CR-V apresenta um renovado design exterior, com uma presença mais larga através dos amplos e musculados arcos das rodas.

O novo SUV alcança o equilíbrio estético entre um design musculado e elegante, com os pilares A mais finos que conferem uma sensação de maior volume ao automóvel, assim como uma combinação de pneus e jantes maiores. O capô e a secção traseira apresentam contornos mais marcados e a frente incorpora agora os faróis que são já assinatura de marca na restante gama.

O sistema de dois motores i-MMD (Intelligent Multi-Mode Drive) do CR-V Prototype Hybrid incorpora um motor de propulsão elétrica, um motor de 4 cilindros a gasolina 2.0 i-VTEC de ciclo Atkinson para propulsão e geração de energia elétrica e um motor de geração de energia elétrico separado. O sistema híbrido não necessita de uma transmissão convencional, em vez disso tem instalada uma única relação de transmissão fixa que cria uma ligação direta entre componentes móveis, permitindo uma suave transferência de binário no sistema.

O sistema i-MMD determina como utilizar o combustível e a energia elétrica da forma mais eficiente, o que significa que o condutor não precisa de selecionar entre os três modos de condução: EV Drive, Hybrid Drive e Engine Drive.

No modo EV Drive, o motor de propulsão utiliza potência exclusivamente das baterias, oferecendo uma condução com zero emissões. Em Hybrid Drive, o motor a gasolina fornece energia ao motor de gerador elétrico, que por sua vez fornece energia para o motor de propulsão elétrica. Neste modo, o excesso de energia do motor a gasolina é reconduzido através do motor do gerador para recarregar a bateria. No modo Engine Drive, as rodas são conduzidas diretamente pelo motor a gasolina, com disponibilidade de um pico de potência pelo motor de propulsão elétrica.

Na maioria das situações de condução urbanas, o veículo circulará entre os modos Hybrid Drive e EV Drive para uma eficiência ótima. O modo Engine Drive é selecionado quando necessário para acelerações rápidas e para uma condução eficiente em autoestrada.

O CR-V 2018 também estará disponível com um motor a gasolina 1.5 VTEC TURBO, com opção de transmissão manual de 6 velocidades ou transmissão de variação contínua CVT.

Mais detalhes sobre o novo Honda CR-V para a Europa serão confirmados quando o veículo de produção for revelado no início do ano que vem. O novo SUV será lançado oficialmente nos mercados europeus em 2018.

GALERIA DE FOTOS:

Honda to unveil CR-V Hybrid Prototype at Frankfurt Motor ShowHonda to unveil CR-V Hybrid Prototype at Frankfurt Motor ShowHonda to unveil CR-V Hybrid Prototype at Frankfurt Motor ShowHonda to unveil CR-V Hybrid Prototype at Frankfurt Motor Show

IAA 2017: BMW Concept X7 iPerformance

P90274805_highRes

A apresentação do inédito BMW Concept X7 iPerformance no Salão de Frankfurt não revela apenas um novo conceito para o segmento de luxo, mas também reinterpreta completamente a exclusividade para a marca BMW.

O protótipo materializa a luxuosidade com um exterior impactante de linhas precisas, combinado a um interior dotado de espaço generoso para seis pessoas, e focado no essencial: formas elementares, materiais de alta qualidade e sistema de infotainment com tecnologia de ponta e ampla conectividade.

A denominação iPerformance, presente no veículo, indica a presença da inovadora tecnologia BMW eDrive, associada a um motor a gasolina BMW TwinPower Turbo, para criar um sistema de propulsão híbrido excepcionalmente eficiente e dinâmico que se distingue em quaisquer situações de condução, incluindo o funcionamento em zero-emissões.

Este veículo oferece uma interpretação para o futuro modelo de produção e que deve estrear em 2018.

O novo BMW X7 faz parte da maior ofensiva envolvendo um modelo na história da empresa. “Uma vez que a BMW inaugurou o segmento de Veículos de Atividade Esportiva (SAV – Sports Activity Vehicle), com o primeiro BMW X5, em 1999, todos os veículos BMW X subsequentes tiveram papel inovador.

O BMW X7 continuará esta tradição: o novo modelo superior da família X amplia a oferta da BMW na categoria de veículos de luxo e redefine o conceito de exclusividade para a marca BMW. Também incorpora um dos elementos mais importantes da nossa estratégia corporativa Number One>NEXT, no sentido de aumentar sua presença na classe de luxo.

Além disso, o BMW Concept X7 demonstra que é perfeitamente possível combinar um grande veículo de atividade esportiva com um conjunto motriz eletrificado”, celebra Ian Robertson, membro do Conselho Administrativo da BMW AG e responsável por Vendas e pela marca BMW.