Tesla Model S: 1078 km com uma única carga.

20616759_259443667894097_7078424887190528910_o

Quem disse que um elétrico não faz mais de 1000 km com uma só carga? O feito foi conseguido pelo clube Tesla Owners Italia que, com um Tesla Model S 100D, conseguiu percorrer algo como 1078 km, simplesmente mais do dobro que a marca anuncia.

Os proprietários italianos superaram o recorde anterior de 901 km, que tinha sido alcançado por cidadãos belgas.

A aventura durou 29 horas sem parada (a equipa era composta por 5 condutores) a uma velocidade média pouco superior a 40 km/h. Para reduzir o atrito, a equipa recorreu a pneus de baixa resistência ao rolamento, que por sua vez tornaram o veículo mais eficiente em termos energéticos.

“Para completar a distância recorde de 1078 km, usamos 98,4 kW/h de eletricidade, o que equivale a oito litros de gasolina”, disse Luca Del Bo, presidente da Tesla Owners Club Italia.

Os autores confirmaram aquilo que Elon Musk já tinha garantido, em junho, que o Tesla Model S 100D seria capaz de percorrer mais de 1000 km com uma só carga.

Obviamente, o CEO e fundador da Tesla partilhou de imediato o feito no seu Twitter oficial, parabenizando os proprietários italianos pela proeza.

 

 

Novo Nissan Leaf: Dados Técnicos

 

e57754100b9b5d31de804031b173721c_2_XL

 

O novo Nissan Leaf, que tem estreia marcada para 6 de setembro, poucos dias antes da edição deste ano do Salão de Frankfurt, na Alemanha. Mais uma vez, o modelo foi flagrado antes da sua revelação oficial. Desta vez, as fotos foram publicadas por um funcionário da própria Nissan na fábrica de Oppama, no Japão, na sua conta do Twitter.

 

No entanto, o mais interessante sobre a segunda geração do modelo elétrico foi desvendado pelo site Autobytel.

Esta fonte avança que o novo Leaf será consideravelmente mais comprido que o modelo atual, atingindo 4,48 metros de comprimento, ou seja, mais 3,6 cm que o atual. O novo Leaf terá 1,79 m de largura (mais 2 cm), 1,38 m de altura (menos 1,7 cm) e mantendo a mesma distância entre eixos de 2,70 m, já o porta malas terá 668 litros de capacidade.

O modelo de segunda geração terá um painel de instrumentos digital, um sistema de auxílio de estacionamento mais evoluído frente ao atual, função de aceleração e frenagem com um só pedal (E-Pedal), sistema de condução autonoma Pro-Pilot.

No lançamento, o novo Leaf deverá estar disponível com um motor de 110 kW (147 cv) e 320 Nm, e com um conjunto de baterias de 40 kWh. Nesta versão, a autonomia deverá ser de 400 km, segundo o ciclo NEDC.

Durante o próximo ano, deverá ser lançada uma versão com baterias de 60 kWh, para garantir uma autonomia de cerca de 550 km.

BMW i8 é o esportivo mais eficiente do Brasil em 2017, aponta Inmetro

P90148137_highRes_bmw-i8-04-2014.jpg

O melhor de dois mundos. Assim pode ser definido o BMW i8, que acaba de ser consagrado como o esportivo mais eficiente do Brasil segundo a edição deste ano do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Equipado com um propulsor híbrido que desenvolve potência combinada de 362 cavalos, o BMW i8 tem desempenho invejável: 0 a 100 km/h em 4,4 segundos e velocidade máxima de 250 km/h. Apesar disso, exibiu consumos exemplares nos testes do Inmetro: 11,3 km/l (cidade), 13,6 km/l (estrada) e 1,77 MJ/km (energético).

Esses resultados lhe garantiram o selo CONPET de Eficiência Energética – o único em sua categoria a obter essa marca, ao lado dos modelos MINI Cooper S, Cooper S Cabrio e Cooper John Cooper Works. A pesquisa avaliou o consumo de combustível e emissão de poluentes de 983 modelos de 35 marcas.

Nissan celebra 70 anos de história com veículos elétricos

Image_01.jpg

Exatamente 70 anos após a estreia de seu primeiro veículo elétrico (EV), o modelo movido a eletricidade mais avançado da marca – o esportivo BladeGlider – roubou a cena no Festival da Velocidade de Goodwood deste ano, no Reino Unido.

O protótipo 100% elétrico entrou em ação, durante o fim de semana do festival, com uma performance eletrizante no famoso circuito Hillclimb. O ponto alto foi uma sessão de testes na pista do Goodwood Motor Circuit. Quem conduziu o BladeGlider foi o piloto da NISMO, Lucas Ordóñez, que se tornou o primeiro profissional a pilotar o esportivo de três lugares. Ordóñez, que venceu a Nissan GT Academy – uma competição para transformar jogadores de videogames de corrida em pilotos reais – ficou excitado com a oportunidade de testar o BladeGlider.

“Pilotar o BladeGlider no famoso circuito Goodwood Motor foi uma experiência fantástica. Que carro empolgante de dirigir, com muito torque desde o início. É divertido demais numa pista rápida como essa e com muitas curvas de alta velocidade”, disse Ordóñez.

A história de sucesso da Nissan com veículos elétricos começou em 1947 – exatamente 70 anos atrás – com o lançamento do Tama. O pioneiro modelo de quatro lugares era oferecido como carro de passageiros e tinha autonomia de 65 quilômetros com uma carga completa. Foi desenvolvido inicialmente pela Tokyo Electric Co. Ltd, que mais tarde se tornou parte da Nissan.

Desde a estreia do Tama, a Nissan criou um rico legado na tecnologia de zero emissão, como líder mundial em veículos elétricos. A marca é pioneira nesta revolução da indústria, com o lançamento do primeiro carro de passeio de produção em massa 100% elétrico, o Nissan LEAF, em 2010. A segunda geração do LEAF tem estreia mundial marcada para o próximo dia 6 de setembro.

 

 

Mini Rocketman futuro Mini de entrada será elétrico

1646efad29460303fa82bbde9a742bd6_XL

Poucos dias depois de confirmar a produção do seu primeiro modelo elétrico, baseado no Cooper para 2019, a Mini não descarta a possibilidade de apresentar um novo modelo de entrada elétrico.

Em declarações à Car Advice, o vice-presidente global da marca britânica reconhece que vê potencial para um novo modelo de acesso, e confirmou que o Rocketman  seria o candidato ideal para assumir essa função, mas com a condição de ser um modelo elétrico.

 

Novo Nissan Leaf: Fotos exclusivas

images

O site norueguês tv2.no conseguiu algumas fotos exclusivas da nova geração do Nissan Leaf que será lançado no dia 6 de Setembro, o modelo foi fotografado durante as filmagens para o lançamento do modelo.

Pelas fotos o modelo teve inspiração no conceito Nissan IDS, e está bem maior e mais espaçoso que a geração atual e com desenho muito maia atraente que a atual geração.

Em relação as baterias o modelo atual tem autonomia de 300 km, enquanto a nova geração terá 500 km de autonomia, já  a aerodinâmica foi trabalhada para permitir um coeficiente de penetração bem mais baixo e permitir um ganho de autonomia, já que é algo vital em um carro elétrico.

O Leaf vai contar  com o sistema ProPilot  que permite uma condução autónoma em algumas situações específicas de trânsito e tem como o objetivo de fazer descansar o condutor quando a condução se torna menos exigente.

Esta tecnologia pode ser acionada através de um botão no volante e toma controle da dirção, aceleração e frenagem numa única via em auto-estrada, ideal para congestionamento do trânsito ou viagens de longa duração.

O Nissan Leaf foi apresentado em 2010, e é o elétrico mais vendido do mundo com mais de 277 mil unidades vendidas. Falta pouco mais de um mês para conhecermos o seu sucessor,que será apresentado a 6 de setembro.

Agora é aguardar que essa nova geração seja vendida no Brasil.

 

images-4images-3images-2images

 

 

BMW i3 ‘Spaghetti Car’ é leiloado por € 100 mil para ajudar fundação de Leonardo DiCaprio

The Leonardo DiCaprio Foundation 4th Annual Saint-Tropez Gala - Cocktail reception

Um exemplar estilizado do BMW i3 foi arrematado por cerca de € 100 mil por um colecionador suíço no quarto encontro anual da Leonardo DiCaprio Foundation (LDF) em Saint-Tropez, na França. O “Spaghetti Car” é obra do artista italiano Maurizio Cattelan e do fotógrafo Pierpaolo Ferrari, da publicação Toiletpaper. O leilão busca arrecadar fundos para a organização, que atua desde 2008 em questões ambientais. Participaram do evento o presidente Leonardo DiCaprio e diversos atores, entre eles Penélope Cruz, Tom Hanks, Sean Penn e Cate Blanchett, além dos músicos Lenny Kravitz e Madonna. O BMW i3 ‘Spaghetti Car’ foi criado por por iniciativa da BMW França e da parceira Rencontres d’Arles.

Tesla Model 3 começará a ser produzido nesta sexta.

2017-Tesla-Model-3-top-view

A Tesla revelou ontem mais detalhes sobre o novo Model 3. O CEO da marca norte-americana confirmou que a primeira unidade de série será produzida nesta sexta-feira (7 de julho) – duas semanas antes do previsto inicialmente.

Elon Musk confirmou ainda que as primeiras 30 unidades do Model 3 serão entregues em 28 de julho, à partir de agosto serão 100 unidades por semana, e  1500 em setembro. Só em outubro é que existirão unidades distribuídas para o grande público.

De acordo com as previsões da marca, até ao final do ano, serão entregues 25 a 35 mil unidades. A partir de dezembro, Musk estima que serão construídas 20 mil unidades/mês.

Recorde-se que o Model 3 tem 400 mil unidades reservadas.

Toyota Prius 2017: Detalhes e Vídeo com o Review do exterior e interior.

Prius_2017_02

A Toyota lançou no Brasil a quarta geração do Prius, o veículo híbrido pioneiro e de maior sucesso global, com vendas acumuladas de 5,7 milhões de unidades em mais de 90 países. O Novo Prius chega com a missão de expandir o conhecimento sobre a tecnologia híbrida entre os consumidores brasileiros.

O Novo Prius também representa a visão da Toyota sobre como será a mobilidade no futuro, com o desenvolvimento de carros cada vez melhores e mais amigáveis ao meio ambiente. Em setembro do ano passado, a empresa lançou seu desafio ambiental global, onde pretende mitigar em até 90% a emissão de CO 2 originadas por veículos novos até 2050. Isso significa que todos os modelos comercializados pela Toyota, até lá, serão híbridos, elétricos ou alimentados por célula de combustível.

O modelo marca ainda uma nova Era no desenvolvimento da Toyota por ser o primeiro veículo da marca a ser montado sobre a plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture, ou Nova Arquitetura Global da Toyota, em tradução para o português). Como resultado final, o Prius apresenta desenho marcante e melhor conforto e dirigibilidade. Seu centro de gravidade está mais baixo e seu coeficiente aerodinâmico (Cx) foi reduzido de 0.25 para 0.24, resultando em melhor performance e diversão ao volante.

A quarta geração do Prius custa  R$ 126.600,00, o que o mantém como o veículo híbrido mais acessível à venda no Brasil.

VÍDEO REVIEW:

 

Confira abaixo o review completo do interior e exterior do Prius 2017

 

 

 

DESIGN E FUNCIONALIDADE

A quarta geração do Prius foi totalmente redesenhada e ganhou uma presença marcante, com linhas mais agressivas e modernas. Com base na filosofia de design icônico, que integra aspectos tecnológicos com fatores emocionais e racionais, seu exterior aponta para as funções avançadas do carro, resultando em um formato que causa impacto imediato e duradouro.

O veículo está 60 mm mais comprido (4.540 mm), 15 mm mais largo (1.760 mm) e 20 mm mais baixo (1.490 mm). O espaço na cabine também aumentou, são 15 mm a mais de comprimento (2.210 mm) e 20 mm na largura (1.490mm). O porta-malas comporta 412 litros e sua abertura ganhou 84 mm em sua largura.

A assinatura do Novo Prius está em sua silhueta triangular, partindo desde o emblema frontal da Toyota e das linhas ao longo do capô, passando sobre a parte superior da cabine e se estendendo até a traseira.

Completando o triângulo, a linha de cintura, mais inclinada para baixo à frente, transmite a sensação de movimento contínuo e cria uma estrutura avançada, na qual os vidros, em conjunto com a carroceria, entregam uma aparência unificada e agressiva. As curvas do Novo Prius fluem e

 

O acabamento em preto da coluna C cria a ilusão de teto flutuante e acentua o aspecto esportivo do modelo, que também teve o teto reduzido em 20 mm e deslocado um pouco mais à frente.

Os novos faróis minimizam a área frontal do Prius e garantem, ao mesmo tempo, uma potente iluminação em LED, assegurando-lhe contornos e caráter distinto. Na traseira, as lanternas combinam formas ousadas e originais, desde o s poiler até as linhas laterais, enaltecendo a personalidade do veículo.

O desenho funcional do Prius foi pensado para minimizar o consumo de combustível. As rodas de liga leve de 15 polegadas, por exemplo, receberam calotas com partes curvadas em forma de onda, que mitigam a resistência ao ar. Há ainda aletas aerodinâmicas frontais e traseiras que otimizam a passagem do vento.

As inovações alcançaram o interior do Novo Prius, projetado para criar uma forte presença, ser símbolo de avanço tecnológico e enaltecer o aspecto emocional, unindo funcionalidade, prazer ao dirigir e sofisticação.

A qualidade dos materiais utilizados no interior do veículo garante conforto e suavidade ao toque. O habitáculo está maior, devido a alguns detalhes, como as linhas finas da base do painel alinhadas às portas, até a eliminação do excesso de revestimentos na parte transversal do painel de instrumentos, portas e colunas.

O painel está ainda mais funcional e agora é disposto em camadas, que reforçam o design exterior icônico do Prius e definem de maneira clara a zona de exibição dos instrumentos. Tudo isso sem perder a herança intuitiva das gerações anteriores, com todos os comandos ao alcance da mão do condutor, como a manopla de transmissão do tipo j oystick, localizada diretamente no painel.

Os assentos foram redesenhados. Nos bancos dianteiros, reforços no estofado ampliaram o conforto, proporcionando ergonomia precisa. Os encostos de cabeça e lombar foram posicionados para garantir postura ideal aos ocupantes, resultando em redução da pressão sobre os músculos das costas e pescoço.

LISTA DE EQUIPAMENTOS

O Novo Prius possui itens que elevam o bem-estar, conforto e conveniência dos seus ocupantes. S ã o m u i t a s n o v i d a d e s , c o m o o a r – c o n d i c i o n a d o d u a l z o n e c o m c o m a n d o S – F l o w , c a p a z d e concentrar o fluxo de ar apenas nas áreas da cabine onde há ocupação. Pela primeira vez equipando um modelo da Toyota no Brasil, o sistema reconhece automaticamente se o banco traseiro está vazio e direciona o ar somente para a zona frontal. As informações podem ser controladaspeloscomandosqueaparecemnod isplay digitaldopainel.

 

O modelo dispõe ainda de carregador de celular sem fio (compatível para aparelhos que suportam essa tecnologia), sistema de navegação integrado, head-up display colorido e TV digital.

A tecnologia marca forte presença no Prius. O modelo chega com o Smart Entry System nas portas dianteiras, permitindo o destravamento do veículo por proximidade da chave, e com o sistema de ignição simplificada, por meio do S tart Button.

Comercializado em versão única, o híbrido da Toyota também oferece de série banco do motorista com regulagem de altura e distância, além de regulagem lombar elétrica, revestimento em padrão couro e material sintético nos assentos, aquecimento dos bancos dianteiros, vidros elétricos nas quatro portas, com função “um toque” e sistema antiesmagamento, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, travas elétricas, descansa braços traseiro (16 mm mais largo em comparação com a geração anterior) com porta-copos, retrovisores externos

elétricos, retráteis e com indicadores de direção, retrovisor interno eletrocrômico, volante em padrão couro com comandos integrados do áudio e do computador de bordo, controle de velocidade de cruzeiro, aviso sonoro de faróis ligados, entre outros.

Luzes de leitura individuais dianteiras e no teto na parte traseira, além de tomada de energia, completam a lista de conforto e conveniência.

SISTEMA DE ÁUDIO E COMPUTADOR DE BORDO

O sistema multimídia que equipa o Prius contempla rádio AM/FM, CD e MP3 player, conexões Bluetooth®, USB e AUX, além de sistema de navegação em uma tela de 7” sensível ao toque, garantindo fácil operação e uma excelente qualidade de imagem e som.

Já o computador de bordo possui um monitor TFT com dois visores de 4.2 polegadas. Nele, o motorista pode personalizar o conteúdo da tela principal com suas preferências, entre exibições simples ou segmentada.

A opção simples traz a velocidade do veículo, quantidade de combustível restante, indicador do modo de condução (Power, ECO, Normal e EV), temperatura externa, distância percorrida após a partida, economia média de combustível, entre outras informações. A visão segmentada acrescenta informações como indicador simplificado do sistema híbrido, medidor instantâneo de combustível e carga da bateria armazenada pelo sistema híbrido.

A tela multifuncional possui sete abas. Na primeira, a de informações de direção, é possível visualizar o funcionamento do sistema híbrido, ter orientação de “acelerador ECO”, que propõe diretrizes para uma condução mais amigável ao meio ambiente; e acessar a função E CO Sc ore e pontuar quão “amiga do meio ambiente” foi sua condução em uma determinada distância percorrida.

É possível ainda registrar o consumo de combustível considerando variáveis múltiplas: – Em meia hora o d isplay m ostra o uso de combustível em intervalos de cinco minutos;

 

– A cada 15 quilômetros, o display exibe a informação em intervalos de um quilômetro e; – A cada 30 quilômetros, o gráfico considera o consumo de cinco em cinco quilômetros.

Também é possível calcular o consumo de combustível na última viagem do mês atual, nos últimos quatro meses ou ainda no mesmo mês do ano anterior.

Há ainda a função E co Diary, que fornece uma lista diária e mensal de distância percorrida e consumo médio de combustível.

Pela função E co Wallet c alcula-se o custo total com combustível e quanto o motorista economizou com gasolina em uma única viagem ou em um mês. Esse dispositivo ainda registra o valor total despendido com gasolina nos últimos cinco meses.

É possível também visualizar o percentual do tempo que o Novo Prius operou exclusivamente no modo elétrico.

As demais abas apresentam funções ligadas aos sistemas de navegação e de áudio, controle de temperatura, informações de apoio ao condutor, mensagens de aviso e configurações.

MOTORIZAÇÃO, DESEMPENHO E EFICIÊNCIA

O Novo Prius conta com o sistema Hybrid Synergy Drive da Toyota em sua nova geração e combina um motor a gasolina de 1.8 litro VVT-i de ciclo Atkinson, com 98 cv de potência a 5.200 giros e 14,2 kgfm de torque a 3.600 rpm, que foi redesenhado e teve redução de tamanho e peso. Esse propulsor funciona em conjunto com outro elétrico de 72 cv e 16,6 kgfm de torque, garantindo aceleração suave e excelente conforto ao rodar em qualquer tipo de condução.

O Novo Prius entrega potência combinada estimada de 123 cv, priorizando o baixo consumo de combustível, sem comprometer o desempenho. Em testes realizados pela Toyota no Japão, ele acelerou de 0 a 100 km/h em 11 segundos.

O motor a gasolina do Novo Prius atinge eficiência térmica máxima de 40%, um dos mais eficientes produzidos em massa no mundo. O avanço foi alcançado, em parte, devido ao uso de um alto volume de gases no sistema de recirculação dos gases de exaustão (EGR), e melhorias no sistema de combustão. Adicionalmente, a entrada de ar da admissão foi redesenhada, o que melhora o fluxo de ar dentro da câmara de combustão. Além disso, o sistema de refrigeração foi aprimorado, otimizando a temperatura interna do motor. O atrito dos componentes deslizantes do motor foi reduzido com uso de óleo de baixa viscosidade.

O eixo da transmissão e o motor elétrico também foram redesenhados, reduzindo o peso combinado. O propulsor elétrico, especificamente, está mais compacto e teve sua relação peso/potência melhorada. Em comparação à geração atual, houve uma redução de 20% nas perdas mecânicas por fricção.

O s oftware do sistema híbrido recebeu atualizações que melhoraram a percepção de aceleração, revelando respostas mais suaves e diretas, mesmo em rotações mais baixas. Os componentes

 

fundamentais do sistema, como unidade de controle de potência e a bateria, também foram redesenhados ou revistos, para reduzir peso e melhorar a eficiência do veículo.

A bateria híbrida de níquel, responsável por alimentar o motor elétrico do Prius, antes localizada no porta-malas, foi transferida para a parte inferior direita do banco traseiro, contribuindo para a redução do centro de gravidade e aprimorando a estabilidade na condução do veículo, sem comprometer o espaço interno para os ocupantes. Uma entrada de ar foi introduzida no banco do passageiro, otimizando o arrefecimento da bateria híbrida e melhorando sua performance.

O Novo Prius é considerado uma referência mundial em baixa emissão de poluentes. O modelo emite cerca de 40% menos CO , comparado a um veículo convencional.

Com relação ao consumo, o INMETRO reconheceu a nova geração do Prius como o carro mais eficiente do País, registrando 18,9 km/l em ciclo urbano e 17 km/l em rodovias. A economia de combustível do Novo Prius, quando confrontado com um modelo de mesmo porte movido a gasolina, é de até 52% na cidade e 42% na estrada.

O Prius possui sistema de freios regenerativos, que acumula a energia cinética gerada pelas frenagens e a transforma em energia elétrica, alimentando a bateria híbrida. Isso garante maior autonomia ao modelo no modo elétrico, também contribuindo para economia de combustível.

A transmissão do Novo Prius continua ser do tipo CVT.

PLATAFORMA TNGA

A maior parte dos avanços de segurança, desempenho e conforto presentes na quarta geração do Prius está ligada à Nova Arquitetura Global da Toyota (TNGA), programa de desenvolvimento inovador e integrado para a construção de componentes de p owertrain e plataformas de automóveis da marca.

Um dos pilares da TNGA é tornar a condução dos veículos mais confortável em todas as ocasiões. E conforto ao dirigir significa garantir ao motorista uma posição realmente agradável para enfrentar longos períodos dentro do carro, tanto nos congestionamentos das grandes cidades quanto em longas viagens. A plataforma TNGA possibilitou melhorias, desde a estrutura dos assentos até novas posições para volante, pedais, manopla de transmissão, entre outros itens.

A rigidez torcional do Novo Prius foi melhorada em 60% em relação à geração anterior, devido ao uso de laser com pontos de soldagem em intervalos mais curtos em todo o chassi, diminuindo a distância entre as partes soldadas. A quantidade de chapas de aço de alta resistência aumentou de 3% para 19% na quarta geração. Isso se traduz em mais conforto aos ocupantes.

A proposta da plataforma TNGA também permitiu melhorias na suspensão do Prius. O sistema MacPherson permanece na dianteira, mas foi otimizado para assegurar rigidez e respostas mais rápidas e lineares ao condutor. A suspensão traseira conta com triângulos superpostos d0 sistema multilink, capaz de proporcionar respostas mais firmes e dinâmicas, além de oferecer um nível excelente de estabilidade e conforto aos ocupantes.

Somadas ao chassi mais leve e ao ganho em rigidez, as novas suspensões asseguram melhor estabilidade e dirigibilidade ao Novo Prius, em qualquer estilo de condução, tornando-o ainda mais ágil nas curvas.

A plataforma TNGA também possibilitou otimização aerodinâmica do Prius, em virtude da maior inclinação do modelo à frente, com redução de cerca de 70 mm na altura frontal. Embora o maior apelo do híbrido seja a economia de combustível e a baixa emissão de poluentes, a nova geração do Prius une a estes atributos um toque de esportividade, reforçando a proposta “f un to drive” da Toyota, com o centro de gravidade mais baixo em cerca de 20 mm.

Alguns benefícios práticos da TNGA, aliados ao novo desenho e construção da quarta geração do Prius são o rebaixamento da posição dos bancos em 55 mm na dianteira e 23 mm na traseira; e o aumento do espaço para a cabeça dos ocupantes de 25,5 mm na dianteira e 3 mm na traseira. O ângulo da direção foi reduzido de 24 graus para 21 graus, enquanto ângulo de visão do vidro traseiro melhorou de 33.6 graus para 38.3 graus.

SEGURANÇA

O Novo Prius foi projetado para atender aos mais rigorosos padrões de segurança. Além de criar uma experiência de condução dinâmica, a plataforma TNGA oferece uma estrutura de quadro de alta resistência, que aumenta a proteção dos ocupantes em caso de colisão.

A carroceria mais rígida foi projetada para distribuir energia no caso de impacto frontal, por meio de diversos reforços colocados sob o assoalho, que ajudam a reduzir a quantidade de energia.

O Novo Prius é equipado com diversos itens de segurança, como sete airbags (duplo frontal, duplo lateral, dois de cortina e um de joelho para o condutor); alerta sonoro para uso do cinto de segurança nos assentos dianteiros; três apoios de cabeça com regulagem de altura para os

passageiros do banco traseiro; cintos de segurança de três pontos e pré-tensionadores para todos os ocupantes; câmera de ré projetada na tela de LCD com alerta sonoro; imobilizador por código eletrônico na chave; luz auxiliar de freio; sistema de alarme com acionamento à distância e travas de segurança para crianças nas portas traseiras. Além dos faróis de neblina em LED dianteiros, presentes na geração anterior, o Novo Prius recebeu luz de neblina traseira, também em LED.

A todo este pacote, somam-se o controle de estabilidade (VSC), sistema de freios ABS e sistema auxiliar de frenagem EBD nas quatro rodas.

CUSTO DE MANUTENÇÃO

 

O Prius possui um plano de manutenção fechado que prevê seis revisões ao longo de seis anos, além da garantia de três anos oferecida pela Toyota. Os serviços podem ser realizados nas 214 concessionárias da marca no País.

Para oferecer a melhor experiência de compra e propriedade aos seus clientes, os preços estabelecidos pela Toyota nas revisões dos 10 mil aos 50 mil km são próximos aos da tabela do Corolla, sedã médio da marca com um dos mais competitivos pacotes de manutenção em seu segmento.

CORES

O Novo Toyota Prius estará disponível em toda rede de concessionárias da marca nas cores Branco Polar, Branco Perolizado, Preto Atitude, Prata Galáctico, Cinza Granito, Azul Noturno e a inédita Vermelho Emoção.

 

A Ford anunciou uma parceria com o Deutsche Post, o maior serviço postal do mundo, para a produção de vans elétricas

FordVanElétrica-StreetScooter

A Ford anunciou uma parceria com a StreetScooter, subsidiária do grupo Deutsche Post, o maior serviço postal do mundo, para a produção de vans elétricas de entrega na Alemanha. A Deutsche Post já produz o furgão elétrico pequeno StreetScooter e o objetivo da parceria com a Ford é oferecer um modelo maior, usando como base o chassi da Ford Transit. O veículo terá propulsão elétrica a bateria e carroceria construída especialmente com as especificações das empresas Deutsche Post e DHL Paket.

A produção deve ser iniciada já no próximo mês e a previsão é que até o final de 2018 pelo menos 2.500 veículos sejam incorporados à frota de entregas urbanas do Deutsche Post DHL Group. Com esse volume, o projeto vai criar o maior fabricante de veículos elétricos de entrega de médio porte da Europa.

O Deutsche Post DHL Group e a Ford compartilham o objetivo de construir a mobilidade do futuro, reduzindo as emissões e criando novas soluções de transporte. A parceria é um passo importante para a realização dessas metas.

“Essa parceria é um impulso importante para a mobilidade elétrica na Alemanha e destaca a liderança em inovação da Deutsche Post”, diz Jürgen Gerdes, do conselho executivo da Deutsche Post. “Ela vai beneficiar as cidades e aumentar a qualidade de vida das pessoas. Vamos continuar trabalhando em soluções de logística totalmente livres de emissões de carbono.”

“A mobilidade elétrica e soluções inovadoras de transporte para áreas urbanas são focos principais para nós, conforme transformamos nosso negócio para enfrentar os desafios do futuro”, diz Steven Armstrong, presidente da Ford na Europa, Oriente Médio e África. “Como líderes em veículos comerciais na Europa, essa parceria se encaixa perfeitamente na nossa estratégia, e temos com a StreetScooter e o Deutsche Post DHL Group um parceiro com enorme competência e rede mundial.”

Junto com a nova linha de montagem, a produção dos modelos atuais da StreetScooter também será ampliada. A StreetScooter planeja fabricar 20.000 unidades por ano da sua van elétrica pequena de entrega, em diferentes versões, nas instalações em Aachen e na Westfália. Hoje, 2.500 StreetScooter da Deutsche Post já rodam em toda a Alemanha e um número cada vez maior de potenciais compradores tem mostrado interesse em converter suas frotas para veículos elétricos.