Salão de NY: Novo Audi RS 5 Sportback

Audi RS 5 Sportback
Dynamic photo, Colour: Sonoma Green Metallic

A Audi Sport introduz um novo modelo de alta performance no mercado: o RS 5 Sportback faz sua estreia mundial no Salão Internacional do Automóvel de Nova York (de 28 de março a 9 de abril) na versão que será oferecida nos mercados de EUA e Canadá. O carro combina design esperto e um alto nível de usabilidade diária, além de desempenho superior.

O design externo do novo RS 5 Sportaback combina curvas agitadas e superfícies tensas e atléticas. A distância entre-eixos maior, balanços mais curtos e capô alongado com um domo que envolve o motor são características que enfatizam o dinamismo do modelo. A característica forma ondulada da poderosa linha de ombros é um destaque visual do cupê de alto desempenho. Quando visto em um ângulo traseiro, as laterais do modelo se mostram particularmente impressionantes. As caixas de rodas com fortes protuberâncias foram aumentadas em 15 milímetros.

Na dianteira, o RS 5 Sportback traz a grade Singleframe ampla, entradas de ar com grade estilo colmeia, típica dos RS, e spoiler dianteiro de alumínio fosco com o logotipo quattro. O veículo também apresenta elementos de design adicionais na cor preto brilhante, fazendo com a dianteira pareça ainda mais ampla. Um difusor específico da linha esportiva, sistema de escapamento RS com saídas ovais e spoiler fixo oferecem esportividade extrema à traseira. O RS 5 Sportback vem com rodas de 19” de série, mas pode receber rodas aro 20 opcionais. O modelo pode ainda ser personalizado com os pacotes ópticos Gloss Black, Carbon e Matte Aluminium.

Audi RS 5 Sportback

O motor 2.9 TFSI V6 oferece performance e eficiência, rendendo até 444 cv. Seu torque máximo de 600 Nm é disponibilizado em uma ampla faixa de giros entre 1.900 rpm a 5.000 rpm. Dessa forma, o RS 5 Sportback acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos e pode chegar a uma velocidade máxima de 280 km/h. Os dois turbocompressores do V6 geram até 1,5 bar de pressão de carga. Como acontece com todos os novos motores V6 e V8 da marca, os turbocompressores são montados em um ângulo de 90º em relação aos bancos de cilindros, o que significa que o lado de escape dos cabeçotes está para dentro e o lado de entrada está do lado de fora. Esse layout permite um design compacto e percursos de combustível mais curtos, com perda mínima de vazão – o motor 2.9 TFSI reage de forma extremamente espontânea aos movimentos do acelerador. O processo de combustão do ciclo B com injeção direta central contribui para a eficiência geral.

A potência do 2.9 TFSI é transferida para o sistema de tração integral permanente quattro com diferencial central por meio de uma transmissão tiptronic de oito velocidades com tempos de trocas otimizadas, ajustadas especialmente para a direção esportiva. A potência é distribuída assimetricamente entre os eixos na proporção 40:60 – isso garante uma dirigibilidade dinâmica com tração otimizada ao lado da maior segurança possível. Quando ocorre derrapagem em um eixo, a maior parte da potência flui imediatamente para o outro eixo – até 85% para a dianteira e até 70% para a traseira. Esse efeito permite uma distribuição de torque claramente definida e uma cooperação precisa com os sistemas de controle. O diferencial esportivo opcional desloca seletivamente o torque entre as rodas traseiras.

A suspensão five-link nos eixos dianteiro e traseiro permite um conforto substancialmente melhorado, mesmo nos modos de condução mais desportivos. Com a suspensão esportiva RS de série, o RS 5 Sportback é 7 mm mais baixo que o S5 Sportback. Alternativamente, a Audi Sport oferece a suspensão esportiva RS plus, com controle dinâmico de direção (DRC), freios de cerâmica e direção dinâmica específica para a linha RS. Os motoristas podem criar a sua própria experiência de condução – tornando-a mais personalizada, mais dinâmica ou mais confortável – utilizando o sistema Audi drive select, equipamento de série.

Audi RS 5 Sportback

O interior esportivo de alta qualidade do modelo tem acabamento na cor preta e oferece espaço para cinco pessoas. O porta-malas tem capacidade de 480 litros, que pode chegar a 1.300 litros com os bancos rebatidos. O encosto do banco traseiro é dividido em uma proporção de 40:20:40. O peso do carro é de 1.840 kg.

O RS 5 Sportback será oferecido inicialmente nas concessionárias dos EUA e do Canadá no Segundo semestre de 2018.

Salão de NY: World Performance Car 2018 – BMW M5

P90272990_lowRes_the-new-bmw-m5-08-20

O novo BMW M5 acaba de conquistar o título World Performance Car 2018, ou Carro de Performance Mundial 2018, em português.

A entrega do prêmio ocorreu nesta quarta-feira (28) durante a prévia de imprensa do Salão Internacional do Automóvel de Nova York, nos Estados Unidos.

O novo M5, previsto para chegar ao mercado brasileiro no segundo semestre deste ano, é o esportivo mais veloz e avançado tecnologicamente da BMW M, a divisão de modelos esportivos do BMW Group. E, com a nova geração do modelo, a BMW M GmbH passa a oferecer, pela primeira vez, a oportunidade de o motorista optar pela tração traseira (2WD) ou integral (4WD) em um BMW M5, além de disponibilizar o inédito sistema de tração integral inteligente M xDrive, especificamente desenvolvido considerando as especificações do esportivo. Sob o seu capô está a mais recente e avançada versão do consagrado motor V8 4.4 litros, dotado de tecnologia M TwinPower Turbo, e capaz de entregar 600 cavalos de potência e 750 Nm de torque máximo – 40 cv e 70 Nm de torque a mais que o M5 anterior.

Esta configuração garante uma aceleração explosiva, além de um desempenho formidável. O V8 twinturbo impulsiona o M5 com a ajuda da nova transmissão M Steptronic de 8 marchas, equipada com Drivelogic, e da tração M xDrive apta a transmitir toda a potência do motor para o asfalto fazendo com que o esportivo acelere de 0 (zero) a 100 km/h em meros 3,4 segundos.

O prêmio World Performance Car 2018 integra a série de premiações World Car Awards, que considera pesquisas realizadas pela empresa Prime Research junto à mídia, e que, em 2018, chega à sua 14ª edição como um dos mais importantes reconhecimentos da indústria automobilística mundial na atualidade. O Salão de Nova York abre suas portas ao público nesta sexta-feira (30), encerrando no próximo dia 8 de abril.

Salão de NY: FORD FUSION 2019 Será primeiro da marca a ter o co-pilot360

1521751005986

O novo Ford Fusion, que será apresentado ao público no Salão de Nova York – de 30 de março a 8 de abril – será o primeiro modelo da marca a ter em todas as versões o Co-Pilot360, conjunto de tecnologias de assistência ao motorista mais avançado da indústria, que será introduzido em sua linha de carros, picapes e SUVs. A linha 2019 do sedã estará disponível no mercado norte-americano no meio do ano.

Criado para aumentar a confiança e a segurança dos motoristas ao dirigir no trânsito congestionado de hoje e do futuro, o Ford Co-Pilot360 reúne as funções de assistência de frenagem autônoma com detecção de pedestre, monitoramento de ponto cego, sistema de permanência em faixa, câmera de ré e farol alto automático. Nenhuma outra marca de automóveis de alto volume oferece um sistema como esse de série na América do Norte.

Pacote de série

A assistência autônoma de frenagem com detecção de pedestres ajuda o motorista a evitar acidentes. Ao detectar uma potencial colisão, o sistema emite uma luz e um som de alerta e, se a resposta do motorista não for suficiente, pode aplicar automaticamente os freios para minimizar o impacto.

Essa tecnologia foi desenvolvida a partir de pesquisas da Ford que mostraram uma preocupação crescente das pessoas com a segurança dos pedestres. Em 2020, ela será oferecida de série em 92% dos carros da Ford no continente norte-americado.

O monitoramento de ponto cego, ou BLIS, usa radar para identificar a entrada de veículos no ponto cego e alerta o motorista com uma luz no espelho retrovisor. Já o alerta de tráfego cruzado avisa se um veículo se aproximar ao sair de uma vaga de ré.

O sistema de permanência em faixa tem três funções:

  • A primeira avisa o motorista com uma vibração no volante que ele precisa corrigir a rota se detectar que o carro está invadindo as faixas na pista;
  • O segundo aplica uma força na direção para o automóvel voltar ao centro da faixa;
  • O terceiro é um sistema que monitora constantemente o padrão de direção com uma câmera frontal e gera alertas visuais e sonoros ao identificar nível baixo de atenção do motorista.

Os clientes de veículos comerciais também serão beneficiados pela ampliação das tecnologias de assistência ao motorista da Ford. Em 2020, modelos da Série E, F-650, F-750 e F59 terão assistência autônoma de frenagem, alerta de permanência em faixa e outras tecnologias.

Um estudo do National Transportation Safety Board mostra que tecnologias como a assistência autônoma de frenagem podem ajudar a prevenir e minimizar colisões traseiras, reduzindo o custo de posse do veículo.

GALERIA DE FOTOS:

Fusion Co-Pilot360 Infographic

Salão de NY: MINI John Cooper Works GP Concept

P90275465_highRes_mini-john-cooper-wor

A MINI confirma suas atrações para o Salão Internacional do Automóvel de Nova York, nos Estados Unidos, que abrirá suas portas ao público entre os dias 30 de março a 8 de abril.

O principal destaque da marca britânica no evento é o conceito MINI John Cooper Works GP, que faz sua estreia em território norte-americano.

A marca britânica, reforçando suas características urbanas, vai expor todo seu portfólio em produtos e serviços no coração de Manhattan, entre o rio Hudson e o Empire State Building.

Estarão expostos o MINI Cooper S E Countryman ALL4, o primeiro modelo híbrido plug-in da marca; além do MINI Cooper Hatch de 3 e 5 portas e da opção conversível MINI Cabrio.

Inspirado nos lendários triunfos da MINI no tradicional Rally de Monte Carlo, conquistados há 50 anos, o MINI John Cooper Works GP exibe contornos capazes de oferecer uma sensação puramente esportiva.

Nele, as proporções clássicas do MINI Hatch 3 portas estão combinadas com componentes externos modernos e expressivos, alguns deles feitos de fibra de carbono e aptos a otimizar o peso do veículo e seu desempenho aerodinâmico.

P90275446_highRes_mini-john-cooper-wor